VEJA E OUÇA A DEFESA FERVOROSA DO SEGUIMENTO GLS GLBT GLBTT NA VOZ TROVEJANTE DO AMIGO BOCA ABERTA

Loading...
Mande suas críticas e sugestões
amigobocaaberta@gmail.com

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Pink tira Christina Aguilera do armário


Segundo a cantora, Aguilera é lésbica e adoraria fazer sexo com Lindsay Lohan


Pink se achou no direito de tirar a colega Christina Aguilera do armário e declarou que a cantora é lésbica e não se importaria de ter uma aventura sexual com Lindsay Lohan.“Eu sei que ela [Aguilera] falou algo como, ‘Eu sairia com ela a qualquer momento’, e você sabe o que ela realmente quis dizer”, afirmou Pink.Lindsay Lohan não foi exatamente mencionada, mas teria dito numa ocasião: “Ela sabe onde eu moro.” As portas, como se vê, foram abertas.Mas, segundo fontes ligadas à Christina Aguilera, tudo não passa de inveja da concorrência. “É um absurdo, Aguilera é bastante heterossexual e se relaciona com um homem e quer ser mãe”, disse uma amiga da cantora. “Não consigo pensar em nada mais desinteressante para ela.”Para a amiga de Aguilera, Pink está querendo apenas chamar a atenção. “Ela sempre invejou a aparência de Aguilera e mais uma vez está tentando imitá-la.”

Parada Gay de São Paulo continua na av. Paulista em 2010, diz Kassab


O prefeito Gilberto Kassab afirmou nesta sexta-feira (28) que a Parada Gay de São Paulo continuará a ser realizada na av. Paulista em 2010, segundo o site Mix Brasil. O prefeito se reuniu na tarde desta sexta com Xande Peixe dos Santos, presidente da Associação da Parada do Orgulho GLBT, e Franco Reinaudo, da Coordenadoria de Assuntos da Diversidade Sexual. A data prevista para a próxima Parada Gay é 6 de junho, no domingo do feriadão de Corpus Christi e cinco dias antes do início da Copa do Mundo.A última edição da Parada Gay de São Paulo foi marcada por roubos e furtos, além da morte de um homem por espancamento. Por causa desses incidentes, foi cogitada a transferência do evento para locais como a av. 23 de Maio e o Campo de Marte. Em 2009, o número de trios elétricos diminui e o público foi estimado em 3 milhões de pessoas, menor que no ano anterior. Atualmente, a Parada Gay, o Revéillon e a Corrida de São Silvestre são os únicos eventos de grande porte que têm autorização da prefeitura para acontecer na av. Paulista.

Campanha


Governo do Rio cria campanha para bombar votação da cidade como melhor destino gay do mundo


Depois de ser indicada como um dos seis melhores destinos gays do mundo em uma votação promovida pelo canal de TV norte-americano Logo, o governo do Rio de Janeiro abriu campanha para que a cidade vença suas concorrentes.
O logo da campanha 'Rio, melhor destino gay' será incluído nesta sexta-feira, 28, no site do governo. O Rio de Janeiro disputa o TripOut Gay Travel 2009 com Buenos Aires, Barcelona, Sidney, Montreal e Londres. Na mesma votação, o clube The Week de São Paulo está na disputa para ser o melhor do mundo.O vencedor será anunciado no dia 2 de novembro, durante a CMI 10ª Conferência de Turismo. A votação pode ser feita pelo site www.tripoutgaytravel.com/awards.

Muita saúde



Jogador de rugby astro do calendário Dieux Du Stade tira quase tudo para revista Attitude


Nick Youngquest, popular jogador de rugby da seleção australiana está todo abusado na capa da revista gay Attitude. O gatão de 26 anos é adorado pela comunidade gay na Austrália. Olhando a foto aí ao lado a gente entende fácil o porquê, né? Além da capa, Youngquest está no recheio da revista protagonizando uma sessão de fotos abusadérrima. O gato tirou a roupa quase toda para promover o lançamento do DVD "Gods of Football" e da nova edição do calendário Dieux Du Stade, do qual é um dos astros.Jogador do time Gateshead Thunder, Youngquest já tem experiência em posar com pouquíssima roupa e em poses abusadas. Ele deu o que falar em 2006 quando mostrou quase tudo no calendário Naked Rugby League.No álbum você vê um pouco mais do rapagão.

Por favor, né?!


Live Nation cancela shows que regueiro homofóbico faria nos EUA

A Live Nation, empresa que produz os shows de artistas como Shakira e Jay-Z, decidiu cancelar quatro apresentações do cantor jamaicano Buju Banton (foto) por conta de suas músicas de teor homofóbico. A decisão de suspender os shows, que seriam realizados nos EUA em outubro, foi tomada depois que a Live Nation foi inundada com mais de 650 e-mails de membros da entidade Chance reclamando do apoio ao cantor. Em suas letras, Buju Banton incita a violência contra homossexuais, dizendo que quem se relaciona afetiva e sexualmente com pessoas do mesmo sexo deve morrer. "Quando Buju Banton aparece, as bichas levantam e correm. O garoto rude não apoia nenhum homem nojento e queer. Eles precisam morrer. Mande a arma automática e a Uzi e atire neles. Se um desses caras chegar perto de mim, sua pele deve ser arrancada e ele deve ser queimado", canta o jamaicano em uma de suas canções.Em 2006, um grupo LGBT fez um protesto público contra o regueiro. E qual foi a resposta do artista? Um sonoro "F*dam-se!".

Instituto de tecnologia tem licença-adoção para casais gays

O Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), organização sem fins lucrativos com sede em Goiânia (GO), assinou durante assembleia nesta semana um acordo coletivo de trabalho que garante a licença-maternidade de 180 dias e licença-adoção também para casais de mesmo sexo. A decisão foi tomada para todos os casais que colaboram com o Instituto, heterossexuais ou não. O prazo desta licença será calculado de acordo com a idade da criança adotada: 180 dias, para bebês de até 1 ano de idade; 120 dias, de 1 a 4 anos e 75 dias, de 4 anos até 8 anos.O objetivo desse passo é garantir o tratamento igualitário de homens e mulheres e a garantia uniforme de direitos. O Idtech realiza projetos de informática que visam a cidadania e a qualidade de vida nas áreas de meio ambiente, saúde, educação e assistência social.

Rótulo sexy


Vinícola espanhola lança linha de vinhos destinada ao mercado gay

Com rótulos que exibem fotos de homens com pouca roupa, a vinícola espanhola UO! Wines acaba de lançar uma linha de produtos destinada a agradar o consumidor homossexual. São três vinhos distintos, um mais suave (o Antinoo), um mais forte (Lagrima) e o branco (Anima). Todos, sem exceção, trazem fotos bem desinibidas de homens em seus rótulos (reproduzidas ao lado). A marca pretende imprimir uma imagem de que seus produtos são sexies, descolados e românticos.O vinho Antionoo, por exemplo, vem até com descrição de como ser saboreado: "feche os olhos e imagine que está lambendo um doce líquido derramado sobre o corpo do seu parceiro".

domingo, 30 de agosto de 2009

Os Justiceiros


Grupo formado por gays norte-americanos invade igrejas, faz piquetes e protestos nada pacíficos


Está fazendo barulhos nos Estados Unidos um grupo formado por gays (maioria), lésbicas e travestis que resolveram fazer frente aos homofóbicos de uma maneira menos pacífica que a vista até aqui. Eles invadem igrejas com gritos e cartazes, participam de comícios de políticos anti-gays com apitaços ensurdecedores e prometem piquetes mais violentos pelo país. Quinze estados norte-americanos já possuem células do grupo. Seus membros usam roupas pretas e usam capuzes rosas (foto ao lado). São sempre fotografados com porretes de madeira na mão e se consideram radicais queer.Os justiceiros ficaram mais conhecidos no mundo a partir de uma matéria publicada na atual edição da revista hétero-super-lida-por-gays Details. O grupo chama-se "Bash Back!" e dizem lutar pela liberdade como resposta a atual violência que a população LGBT diariamente é obrigada a enfrentar.Fundado há apenas um ano, o grupo combate duramente o que chamam de "sistema binário de gênero" o que, segundo eles, é responsável por classificar as pessoas como "machos ou fêmeas" _e muitos dos membros do "Bash Back!" não se consideram nenhumas das duas coisas. Ou as duas. Na verdade, o que eles pregam é auto-determinância de gênero, sexo livre, pornografia e enfrentamento como forma de refúgio (necessário) para a violência a qual estão submetidos (por fugirem aos padrões "binários" de gênero).
"Não estamos tentando mudar a cabeça das pessoas ou mudar os héteros para que eles nos deem liberdade - estamos lutando de volta", diz o membro do "Bash Back!" do estado da cidade de Milwaukee, no Winsconsin, Tristyn Trailer-Trash. "Vamos fazê-los parar de pregar o ódio. Fazê-los parar de criar um ambiente que não é friendly aos gays, queer e trans. Não seremos legais nem bonzinhos - assim como eles não tem sido."Atualmente, os "Bash Back!" estão sendo processados por um grupo anti-gay, a "ADF", Alliance Defense Fund, por invadir uma igreja no estado de Michigan e fazer piquetes contra o padre. Eles entraram na igreja aos gritos de "Jesus era homo".

Deputados e senadores uruguaios aprovam adoção por casais homossexuais

A Câmara dos Deputados do Uruguai aprovou na última quinta-feira, 27 de setembro, um projeto de lei que permite a adoção de crianças por casais homossexuais.A lei será agora votada no Senado até o dia 15 de setembro. A medida, no entanto, será apenas uma formalidade, pois os senadores já haviam aprovado a versão preliminar do projeto. Alguns passos a frente do Brasil, o Uruguai também aprovou em maio o acesso dos homossexuais às escolas militares do país. E em 2008, aprovou a união civil entre pessoas do mesmo sexo.Mesmo com todas essas medidas a favor da comunidade LGBT, a lei sobre a adoção causou polêmica no país, quando o arcebispo Nicolas Cotgno afirmou que o tema "trata de ir contra os direitos fundamentais do ser humano enquanto pessoa".Nestor Martinez, porta-voz da ONG Coordinadora Nacional por La Vida, também se manifestou contra o projeto e afirmou que esse "constitui um retrocesso e um atentado aos direitos das crianças".

"Me sinto mais segura com meninas", diz Megan Fox sobre beijo em atriz


A atriz Megan Fox parece gostar de falar, sempre que puder, sobre sua bissexualidade. Em entrevista ao site da MTV, ela disse que não se incomodou nem um pouco em beijar a também atriz Amanda Seyfried em seu novo filme, Jennifer’s Body. "Me sinto mais segura com meninas, então me senti mais confortável beijando Amanda do que qualquer outra pessoa que já tive que beijar em cena". Fox afirmou, no entanto, que Seyfried não ficou tão à vontade quanto ela. "Amanda estava desconfortável. Houve muita risada entre os takes". No longa, que no Brasil deve estrear no dia 23 de outubro, Fox vive um demônio disfarçado da garota mais desejada do colégio.

sábado, 29 de agosto de 2009

POLONESA PAGARÁ IDENIZAÇÃO POR ATAQUES HOMOFÓBICOS

POLONIA
A polonesa conhecida apenas como Anna S., de 44 anos, foi condenada a pagar uma multa equivalente a pouco mais de £ 3 mil (cerca de R$ 9,6 mil) por ter gritado ofensas e jogado tomates e pedras em um casal gay da sua vizinhança durante seis meses. Ela já tinha sido proibida de usar a palavra “faggot” (‘bicha’) em público. Na Polônia, esse é o primeiro processo desse tipo que chega à imprensa. Segundo o site Pink News, com tradução de Eduardo Peret, a ré afirmou que a multa é alta demais para ela, que vive de pensão. Ela também acusou todas as testemunhas de terem “mentido e ficado do lado dos gays”. Em sua sentença, a Juíza Urszula Chmielewska disse que todas as pessoas têm direito à dignidade de viver suas vidas em sociedade e que a mulher não tinha o direito de expor a vida privada do casal, ainda mais de forma pejorativa.Ryszard Giersz, que processou Anna S., se disse aliviado e feliz: “Somos pessoas normais e queremos viver nossas vidas juntos e em paz”. Por causa das acusações e ofensas em público, ele teve que mudar de emprego. “Talvez consigamos nos mudar de vizinhança e aí não teremos mais que encarar essa senhora todos os dias. Eu não me arrependo nem um pouco de ter levado esse caso à Justiça de forma aberta e pública. Espero que esse veredicto abra um caminho, para que as pessoas pensem duas vezes antes de insultar uma pessoa só porque ela é diferente delas”, concluiu Giersz.

LÉSBICAS VÃO A CULTO E SÃO CHAMADAS DE DEMÔNIOS


Um casal de lésbicas foi agredido durante um culto realizado numa igreja Batista do Estado de Memphis. Monique Stephens e sua companheira acompanhavam a celebração ao serem chamadas de "adoradoras do diabo" e de lésbicas. Segundo o Toda Forma de Amor as duas foram ao culto na manhã do domingo, 23 de agosto, atendendo ao chamado do reverendo Kenneth Whalum Jr, um candidato a prefeito de Menphis. Quando Whalum pediu aos fiéis para que todos se curvassem ao chão e soltassem beijos para Deus, as duas não obedeceram. Stephens contou que Whalum e outros membros da Igreja chamaram as duas de "adoradoras do diabo" e lésbicas. Em seguida, os seguranças as colocaram para foram do santuário. O pastor alegou que as duas foram colocadas para fora por não estarem participando do culto. "Se eu colocar toda lésbica para fora, nós estaríamos colocando as pessoas para fora todo dia" disse Whalum.

ADOLECENTE POR SER PRESO POR SER GAY

SENEGAL

Por “atos contra a natureza” 4 pessoas estão sendo julgadas e condenadas em Senegal. Os dois primeiros receberam sentenças de dois e cinco anos de prisão. Agora, um adolescente de 17 anos será julgado, segunda a Comissão Internacional de Direitos Humanos de Gays e Lésbicas (IGLHRC). Um quarto homem também foi preso, mas desapareceu. E tudo se baseia em uma denúncia de vizinhos.Segundo o Diretor Executivo da IGLHRC, Cary Alan Johnson, “essa é mais uma prova de que tanto gays quanto homens vistos como gays estão em constante perigo no Senegal. Essas prisões, baseadas em meras denúncias, violam as leis internacionais e a legislação de Direitos Humanos da própria África”. O Senegal pune atos homossexuais com penas de um a cinco anos de prisão. Porém, em dezembro, nove homens que trabalhavam em um projeto de prevenção à AIDS foram presos por “conduta indecente e atos não naturais” e, no mês seguinte, sentenciados a oito anos de prisão. Novamente, só havia denúncias contra eles, mas nenhuma prova – as acusações partiram de um grupo islâmico estava usando programas de rádio para acusar os homens de ‘atos obscenos’ e de ‘espalhar a AIDS no país’. A Suprema Corte de Dacar reviu a sentença em abril, liberando os homens. A Anistia Internacional pediu proteção especial para eles após sua saída da cadeia, porque o rádio continuava a incitar a população a agredir qualquer pessoa acusada de ser homossexual.Em maio, o corpo de um senegalês suspeito de ser gay – que morreu aos 30 anos, de ‘causas naturais’ de acordo com o laudo médico oficial – foi exumado do jazigo da família e jogado fora do cemitério. A família o sepultou novamente, mas ele foi mais uma vez exumado e, dessa vez, deixado do lado de fora de sua antiga casa. Seus parentes resolveram enterrá-lo em um local secreto.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Grupo Luas de Recife organiza eventos na Semana da Visibilidade


Exposições, debates e a II Caminhada Lés de Recife estão na programação


O Grupo LUAS, de Recife, convida todas e todos para participar dos eventos de comemoração ao Dia da Visibilidade Lésbica. Veja os flyers no álbum e a programação abaixo:Debate Lesbianidade e Movimento de Mulheres Quando:
Quinta-feira, 27 de agostoHorário: 16hOnde: SOS CorpoAudiência PúblicaQuando:
Sexta-feira, 28 de agostoHorário: 09hOnde: Assembleia Legislativa de PernambucoII CAMINHADA DE LÉSBICAS E BISSEXUAIS DE PERNAMBUCOQuando:
Sexta-feira, 28 de agostoHorário: Concentração às 14h30, saída às 16h. Onde:
Parque 13 de Maio, com encerramento no Pátio do Carmo. Evento MULHERES LÉSBICAS NOS ESPAÇOS DE PODER:
Unificando a luta contra o Machismo, o Racismo e a Lesbofobia!Exposição de fotografias, vídeos, dança, música, varal e recital de poesias, exibição de filmes e rodas de diálogo. A proposta do evento é Visibilizar o amor entre mulheres e a luta política das lésbicas na busca dos seus direitos, com o intuito de dialogar com a sociedade assuntos relacionados ao machismo, ao racismo e à lesbofobia - utilizando a arte e a cultura como aliadas para o processo de transformação social.


Teatro do ParqueRua do Hospício, Nº 81 - Boa Vista - Recife/PE. Quando: Dia 29 de Agosto de 2009 (Próximo sábado)Que horas: Das 15h às 22hEntrada gratuita!Informações: luas2908@gmail.com

8505-43339 (Bárbara) / 8888-3835 (Gal)/8774-1208(Rita) Comunidade no orkut:http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?rl=cpn&cmm=933356700

Organização: Grupo LUASA poio: Elas - Fundo de Investimentos.

CANTOR GAY EXPLICA PORQUE É CONTRA O CASAMENTO GAY


Uma semana após dizer que não é favorável ao casamento gay, o cantor canadense-americano Rufus Wainwright fez uma “meia” retratação.Wainwright escreveu em seu blog que particularmente não pretende se casar e não acha que o casamento seria bom para ele neste momento, porém acrescentou que os gays deveriam ter direito a essa opção de forma legal divulgou o site Parada Lésbica. “Eu não me oponho ao direitos das pessoas se casarem, sejam heteros ou gays. Eu pessoalmente sou mais ligado ao conceito tradicional/boêmio de ser homossexual. Ou seja, a última coisa que quero é ser como todas as outras pessoas (heterossexuais). Um dia, talvez, eu queira me casar… mas eu acho que proibir aos homossexuais direitos iguais a todos os cidadãos como redução de taxas e direito à herança é uma vergonha para o país”.O músico concluiu a declaração afirmando que sempre lutou contra a “Proposition 8″ (que proíbe o casamento gay na Califórnia) e que continuará até que ela seja anulada.

CONGRESSO EM SÃO PAULO DISCUTE A CONSTRUÇÃO DE FAMÍLIAS HOMOAFETIVAS


A cidade de São Paulo neste mês de agosto realiza o 3º Congresso Paulista de Direito da Família, que tem como principal objetivo discutir a legislação brasileira sobre adoção, união civil e reprodução assistida na Homoparentalidade.O evento é uma realização do Instituto Brasileiro de Direito de Família seccional de São Paulo (IBDFAM-SP) informou a Central de Notícias Gays.A programação do encontro será realizada no Auditório Rui Barbosa, no Campus da Universidade Presbiteriana Mackenzie, na Rua Itambé, nº 135, em Higienópolis – São Paulo. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pela página do IBDFAM. Participante do Congresso, a advogada, ex-desembargadora do TJ-RS e vice-presidente do IBDFAM, Maria Berenice Dias, acredita que “impedir que duas pessoas do mesmo sexo constituam uma família com prole é postura não só equivocada, é preconceituosa e discriminatória. Porém a bela novidade é que a Justiça brasileira já está reconhecendo a formação dessas famílias, que já têm o direito de adoção desde 2006”, se anima.Mais informações com Luciana pelo telefone (11) 3578 1241 ou com Susana Nóbrega pelo telefone (11) 2255 8351. Você pode também enviar um e-mail para:secretaria@ibdfamsp.com.br susananobregaeventos@uol.com.br

ARTISTA FAZ QUADRO COM BEIJO GAY ENTRE ``JESUS CRISTO E SUPER HOMEM´´

AMIGO
BOCA ABERTA
O QUE VOCÊ ACHA DESTA MATÉRIA, OPINE
A foto acima é da obra do argentino Mauro Guzman no New Museum de Nova Iorque. Ele está no catálogo da exibição “The Generational: Younger Than Jesus”, com 25 artistas plásticos com menos de 33 anos de idade, que ficou até julho em cartaz por lá e foi lançada recentemente como livro (compre aqui ). Em meio a muitos prêmios e críticas em Buenos Aires, a obra causou frisson em Nova Iorque e começou a percorrer os Estados Unidos segundo o Oi Tudo Em Cima. Como se já não fosse polêmica o suficiente, o nome da peça é “A Maior, Mais Linda e Mais Heróica História de Amor de Todos os Tempos”.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Madonna é vaiada em show ao defender gays e ciganos


Nem a diva se salva. Madonna foi vaiada em show realizado em Bucareste, capital da Romênia, ao defender os direitos de ciganos e gays. Aproveitando que um trecho de seu show é dedicado à cultura gipsy e que os ciganos são super discriminados na Romênia, Madonna fez um breve discurso pela igualdade: "Acredito na liberdade e na igualdade de direitos para todos. Ciganos, homossexuais, pessoas que são diferentes. Somos todos iguais e temos de ter respeito", disse. Segundo o jornal Romanian Times, as vaias vieram altas e claras.

Perfil pró-homofobia é retirado do Twitter


O perfil "simhomofobia", que incitava o ódio contra homossexuais no Twitter, não está mais no ar. Depois de uma mobilização no próprio Twitter da qual participaram famosos como Soninha Francine e Marcelo Tas, a página foi retirada do ar na manhã desta quinta, 27. Contando com mais de 30 seguidores, o perfil exibia mensagens do tipo "O virus da HIV so esta do jeito que por causa destas Bichas".

Héteros se passam por gays em programa de TV francês


O reality show francês "Mon Incroyable Fiancé" está desafiando dois homens héteros a se casarem com gays. O objetivo dos participantes do programa, cujo título quer dizer "Meu Inacreditável Noivo", é convencer seus amigos e parentes de que é homossexual e irá se casar com outro homem. Os jogadores da segunda edição da atração, atualmente indo ao ar na França, são Emeric e Christopher (foto), que concorrem ao prêmio de 100 mil euros. O vencedor será aquele que melhor sustentar a mentira. "Mon Incroyable Fiancé" é versão de um programa norte-americano em que uma gostosa precisava fazer todos acreditarem que ela se casaria com um homem esteticamente desfavorecido.

Lésbicas completam 70 anos de união na Flórida


Caroline Leto e Venera Magazzu farão uma festa em agosto para celebrar o casamento


No próximo dia 17 de agosto, Caroline Leto, 96, e Venera Magazzu, 97, que moram na Flórida, Estados Unidos, completam 70 anos juntas. As informações são do site Pinknews.co.uk.Em entrevista ao jornal “South Florida Sun-Sentinel”, o casal contou como manteve seu relacionamento secreto por muitos anos."Você simplesmente não podia contar a ninguém que éramos apaixonadas", disse Leto. "Dizíamos às pessoas que éramos amigas, e alguns pensavam que éramos irmãs".O casal se conheceu em 1939 numa festa, e mudou-se um ano depois para Nova York, contando apenas aos familiares mais próximos e um punhado de amigos sobre seu relacionamento. Elas se registraram numa parceria doméstica em Nova York em 1996, e posteriormente transferiram-se para a Flórida onde se sentiram aptas a participarem da comunidade LGBT.Uma festa está sendo planejada na Sinagoga Etz Chaim na data do aniversário da união.

Lésbicas querem doar sangue na China


Grupo organiza abaixo-assinado para protestar contra governo chinês


Uma organização lésbica na China está organizando um abaixo-assinado online para protestar contra o governo que proíbe homossexuais de doarem sangue no país desde 1998.De acordo com o jornal “China Daily”, uma pessoa que se identifique como gay ou lésbica é automaticamente proibida de doar sangue no país. No entanto, a lei não pune quem mentir nos formulários sobre sua orientação sexual.Até agora, o abaixo-assinado já conseguiu reunir 540 assinaturas. Os idealizados acreditam que esse número pode chegar a 1000. Shi Weiwei, diretora do Centro de Sangue Cruz Vermelha de Pequim, disse que a lei existe por razões de segurança. “Como sabemos, a incidência de doenças sexualmente transmissíveis, incluindo o HIV/Aids, é muito maior entre usuários de drogas e homossexuais, particularmente homens gays, que tendem a possuir múltiplos parceiros sexuais”, disse.Na China, o número de homossexuais é estimado em 30 milhões – a população no país é de 1,3 bilhão de pessoas.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Deborah Secco viverá Bruna Surfistinha nas telonas

A atriz Deborah Secco viverá a prostituta Bruna Surfistinha no cinema. A notícia foi confirmada nesta sexta-feira, 21 de agosto, pela assessoria de imprensa da atriz. “O namoro é longo, mas faltava acertar alguns detalhes de agenda. Agora está fechado, e a Deborah está muito animada”.
Secco substituirá Karen Junqueira, a primeira escalada para o projeto, que anunciou em comunicado ontem que não participaria mais no longa porque "não poderia cumprir um roteiro de filmagens com dedicação única e integral, de acordo com as exigências do filme".
O longa é inspirado do livro O doce veneno do escorpião e contará a trajetória de Raquel Pacheco, uma menina da classe média paulistana que estuda num colégio tradicional da cidade. Um dia, ela toma a decisão surpreendente se ser garota de programa.
“O filme é uma livre adaptação do livro, com inúmeras situações ficcionadas. O recorte privilegia os 17, 18 anos da personagem”, diz Antonia Pellegrino, roteirista do longa. No livro de Surfistinha a ex-garota de programa conta detalhes de transas com mulheres. Não se sabe ainda se Deborah interpretará alguma dessas passagens.
A assessora de Deborah Secco disse também que a atriz e a personagem ainda não se encontraram e que Secco tem passado os dias “trancado fazendo testes de caracterização”. As filmagens do longa, dirigido por Marcus Baldini, devem começar em setembro, e serão realizadas em São Paulo e Paulínia. A produção deve estrear no segundo semestre de 2010.

Nova temporada de Gossip Girl terá beijo gay


O seriado Gossip Girl, que conta a trajetória de um grupo de adolescentes ricos, terá um beijo gay em sua terceira temporada. Os protagonistas da cena serão os bonitões Chuck Bass e Josh Ellis, vividos respectivamente por Ed Westwick e Neal Bledsoe.O beijo, no entanto, não será por amor, como aconteceu na série Brothers & Sisters. Bass só seduz Ellis para ajudar sua amada Blair (Leighton Meester), que deseja fazer o discurso dos calouros e envia Chuck para persuadir o outro rapaz. O episódio está em fase de produção e ainda não tem data para ir ao ar. A terceira temporada estreia no dia 14 de setembro nos Estados Unidos. No Brasil, o seriado é exibido pela Warner Channel.

O Preconceito é um Dragão


Foram divulgados título e ilustração da nova publicação da personagem lésbica Katita


A próxima publicação da personagem Katita, criada pela roteirista e poeta Anita Costa Prado, está em fase de finalização, mas já foram divulgados o título e a imagem de capa.A ilustração remete diretamente ao título no novo volume de Katita: “O Preconceito é um Dragão”. Mostra Katita, em referência clara a São Jorge guerreiro, lutando contra o dragão que simboliza o preconceito, que deve ser combatido pela lança certeira das guerreiras que não se intimidam diante das adversidades.Também foi lançada uma nova coleção de camisetas da personagem e o primeiro posto de venda a recebê-la foi a pousada GLS Porto X.

Cheio de bicha


Espetáculo Bicha Oca usa personagem melancólico para contar as histórias de todos os gays


A bicha oca da peça de mesmo nome é um engano, equê dos bons, deixa todos os 20 espectadores do cenário cru e intimista do Casarão Belvedere, em São Paulo, com uma impressão totalmente diferente do que anuncia. A bicha oca não é oca, ela é cheia, cheia demais das minhas, das suas, das nossas, das histórias de cada gay neste mundo tão grande. Ainda bem que ela é cheia, sendo assim, ela tem muito o que falar, provocar, discutir e lembrar durante os 45 minutos da peça. Alceu, a bicha cheia de si e de todo mundo, acha que sua vida não anda muito boa, é triste, melancólico e carrega um olhar de desespero, desilusão. Em um dia 31 de dezembro de um ano qualquer, ele começa a relembrar suas histórias enquanto come uma suculenta laranja, toma banho e segue seu cotidiano morno de emoções. Suas histórias porque é ele quem conta, mas elas são de todos os gays. Estão ali os momentos bons ao lado do amigo mais que amigo na infância, o homem mais velho que aparece na adolescência e desperta interesse, o bofe que gozou e virou a cara e aquele que prometeu tudo, mas não conseguiu cumprir nem a metade. Trabalhando em cima de textos do escritor Marcelino Freire, Rodolfo Lima faz Alceu despertar lembranças pinceladas na memória e reforçadas pela dor, profunda, do poderia ter sido. Em uma cozinha onde cabem no máximo 20 espectadores, Alceu chega perto de seu público, olha no olho, cutuca, instiga, se joga no chão, provoca e chama a atenção para sua alma cheia de buracos profundos deixados pelo tempo. Ele olha no seu olho, fala diretamente na sua cara e não tem vergonha de admitir a pegação no trem, falar das boas transas e relembrar os paus mais incríveis de sua vida sexual. A bicha oca é cheia de coragem e sinceridade.Em “Bicha Oca”, Rodolfo resgata com direção de Edu Reis o teatro de raiz, representando no palco, no caso, na cozinha, um papel que reúne várias histórias e as representa com romantismo, imaginação. Coisa esquecida em tempos onde fazer teatro bom significa ousar além do limite do bom gosto e produzir narrativas fugidias e que deixam a sensação na platéia de ser uma experiência cultural, não fruidora da arte. A bicha oca é a mais cheia que se pode ver hoje em dia, aproveite.



“Bicha Oca” – até 30 de setembro Quartas-feiras às 21hEspaço Cultural Dona Julieta Sohn (Casarão do Belvedere):Preço: R$ 20 Rua Pedroso, 267 - Bela Vista – São PauloTel: (11) 3266-5272

Igreja Anglicana cria Coral Masculino Gay em São Paulo

SEDE DA IGREJA EPISCOPAL ANGLICANA DO BRASIL

Uma paróquia da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, localizada no centro de São Paulo, iniciou no último sábado, 21 de agosto, os ensaios do Coral Masculino Gay. Convidado pelo reverendo da Igreja, Arthur Cavalcante, o maestro Walter Fajardo aceitou o desafio de liderar um coral de vozes masculinas. "A intenção é incluir esses homens através da música, fazendo com que participem de eventos culturais pela cidade". A novidade já conta com a adesão de 12 homens e a meta é que esse número chegue a 40. Corais com esse perfil já são organizados em cidades como Los Angeles, São Francisco, Nova Iorque e Londres.A paróquia da Santíssima Trindade, onde o reverendo Cavalcante atua, já é reconhecida por trabalhar a diversidade. No último 18 de agosto a paróquia e outras 24 empresas foram homenageadas pelo governador José Serra com o Selo Paulista da Diversidade, que reconhece ações voltadas para a inclusão de grupos discriminados. De acordo com Cavalcante, a criação do coral "é coerente com a tradição dessa comunidade anglicana de acolher pessoas, independente de sua orientação sexual". O maestro, que também é frequentador da igreja, diz que a igreja anglicana "trabalha com a percepção da humanidade, ao entender que a dignidade não está na sexualidade". O Reverendo Arthur ainda faz um convite para que qualquer homem participe deste coral, independente de sua orientação sexual, e identificado favoravelmente com os direitos humanos. Os interessados em participar do Coral Masculino Gay de São Paulo devem entrar em contato com a Secretaria da Paróquia da Santíssima Trindade no endereço: Praça Olavo Bilac, 63, Campos Elíseos, São Paulo, SP, CEP 01201-050. Telefone: (11) 3667-8161 ou e-mail traindade@trindade.org.

Polonesa paga 10 mil por ter jogado tomates em casal gay

Uma mulher polonesa de 44 anos foi condenada a pagar uma multa equivalente a 9,6 mil reais por ter ofendido e jogado tomates em um casal gay que morava ao lado de sua casa. Em decisão anterior, a mulher já tinha sido proibida de usar a palavra "faggot" (‘bicha’) em público. O casal recorreu e pediu indenização. A justiça atendeu o pedido. É o primeiro processo na Polônia que condena um ato homofóbico que se tem notícia.A ré disse que a multa é muita pesada para ela e alega que as testemunhas da acusação mentiram no processo. A juíza Urszula Chmielewska condenou a ré por ter considerado ofensiva suas palavras.Ryszard Giersz, metade do casal, disse à imprensa local que ele e seu marido são "pessoas normais. Queremos viver nossas vidas juntos e em paz". "Talvez consigamos nos mudar de vizinhança e aí não teremos mais que encarar essa senhora todos os dias. Eu não me arrependo nem um pouco de ter levado esse caso à Justiça de forma aberta e pública. Espero que esse veredicto abra um caminho, para que as pessoas pensem duas vezes antes de insultar uma pessoa só porque ela é diferente delas", concluiu Giersz.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

PÚBLICO LGBT PAGAM IMPOSTOS, MAS NÃO TEM DIREITOS


AMIGO BOCA ABERTA


CONFORME À VARIAS SOLICITAÇÕES, ESTAMOS RECOLOCANDO ESTÁ POSTAGEM QUE É DE GRANDE IMPORTÂNCIA PARA O SEGUIMENTO.

PRESTE MUITA ATENÇÃO NESSA IMFORMAÇÃO, OLHE QUE ABERRAÇÃO COMO NOSSOS GOVERNANTES, MUITOS SEM VERGONHA NA CARA, SEM MORAL, SEM ÉTICA E PRINCIPALMENTE DESONESTOS, DISCRIMINAM O SEGUIMENTO, NO QUESITO IGUALDADE SOCIAL E DIREITOS A TODOS CIDADÃO (A).


Todo rendimento proveniente do trabalho dos brasileiros de orientação sexual bissexual e Homossexual (Gays e Lésbicas) e de indentidades de Gênero (travestis e Transexuais) , em 147 dias do ano ( por exemplo de 1 de janeiro à 27 de maio), tem um único destino: pagar tributos (impostos, taxas e contribuições) cobrados pelos governos federal, estadual e municipal.
O cálculo é do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), que divulgou o estudo, feito anualmente, sobre os dias trabalhados para pagar tributos. As cidadãs Lésbicas, Gays, Bissexuais, travestis e transexuais -LGBT , de acordo com o IBTP comprometem 40,15% de sua renda para pagamento de impostos."Quando vão cobrar impostos, ninguém pergunta se a pessoa é gay ou lésbica, mas na hora de garantir direito todo mundo discrimina", a fala do presidente do Brasil Lula, durante a primeira conferencia nacional LGBT, em Brasília, junho de 2009, está correta.
No Brasil são 40 direitos civis que são garantidos aos cidadãos Heterossexuais e que são negados as pessoas LGBT. Esta é uma tendencia da heteronormatividade ( leis e normas que são feitas para garantir privilegios as pessoas heterossexuais e discriminar as LGBT). Não seria coerente que parlamentares que negam o reconhecimento de direitos iguais entre Heteros e Homossexuais, criassem uma lei proibindo a cobrança de impostos no Brasil para a população LGBT.
Os extremistas religiosos, acostumados a não pagar impostos em suas igrejas, bem que poderiam solicitar aos seus deputados e senadores para fazer uma lei estendendo este privilégio as pessoas LGBT.No Congresso Nacional, nunca foi aprovado nenhuma lei que igualasse direitos entre cidadãos heteros e homossexuais. O que se vê são privilégios garantidos a uma parcela da população e negadas a outra, em total descumprimento ao artigo quinto da Constituição federal. Está na hora do Congresso nacional aprovar os projetos que criminalizam a Homofobia ( Òdio, discriminação, pavor de pessoas LGBT), a União estável entre casais adultos do mesmo sexo e o reconhecimento do nome social das pessoas de identidade de genero: travestis e transexuais.Direitos Civis que os parlamentares brasileiros negam aos cidadãos LGBT.
01) Não podem casar;
02) Não tem reconhecida a união estável;
03) Não adotam sobrenome do parceiro;
04) Não podem somar renda para aprovar financiamento;
05) Não podem somar renda para alugar imóveis;
06) Não inscrevem parceiro (a) como dependente no serviço público;
07) Não podem incluir parceiros (as) como dependentes no plano de saúde;
08) Não participam de programas do Estado vinculados à família;
09) Não inscrevem parceiros (as) como dependentes da previdência;
10) Não podem acompanhar o (a) parceiro (a) servidor publico transferido;
11) Não têm impenhorabilidade do imóvel em que o casal reside;
12) Não tem garantia de pensão alimentícia em caso de separação;
13) Não têm garantia à metade dos bens em caso de separação;
14) Não podem assumir a guarda do filho do cônjuge;
15) Não adotam filho em conjunto;
16) Não podem adotar o filho do parceiro(a);
17) Não têm licença-maternidade para nascimento de filha da parceira;
18) Não têm licença maternidade / paternidade se o (a) parceiro (a) adota filho;
19) Não recebem abono-família;
20) Não tem licença-luto, para faltar ao trabalho na morte do (a) parceiro (a);
21) Não recebem auxilio-funeral;
22) Não podem ser inventariantes do(a) parceiro(a) falecido (a);
23) Não têm direito à herança;
24) Não têm garantia a permanência no lar quando o (a) parceiro (a) morre;
25) Não têm usufruto dos bens do (a) parceiro (a);
26) Não podem alegar dano moral se o (a) parceiro (a) for vitima de um crime;
27) Não têm direito à visita íntima na prisão;
28) Não acompanham a parceira no parto;
29) Não podem autorizar cirurgia de risco;
30) Não podem ser curadores do (a) parceiro (a) declarado judicialmente incapaz;
31) Não podem declarar parceiro (a) como dependente do Imposto de Renda (IR);
32) Não fazem declaração conjunta do IR;
33) Não abatem do IR gastos médicos e educacionais do (a) parceiro (a);
34) Não podem deduzir no IR o imposto pago em nome do (a) parceiro (a);
35) Não dividem no IR os rendimentos recebidos em comum pelos parceiros;
36) Não são reconhecidos como entidade familiar, mas sim como sócios(as);
37) Não têm suas ações legais julgadas pelas varas de família;
38) Não podem doar sangue;
39) Não podem servir as forças armadas e podem ser presos por sodomia;
40) Não possuem um estatuto da cidadania LGBT, como outras populações vulneráveis como o Estatuto da Criança e Adolescente, do idoso, do torcedor, do desarmamento, da advocacia.

EUA: Ex-militar gay concorre à vaga no Congresso

Um militar gay dos EUA que serviu na Guerra do Iraque vai tentar se eleger para o Congresso norte-americano. Anthony Woods (foto), que passou dois anos atuando nas Forças da Coalizão, foi desligado do exército depois de questionar a polêmica política "Don´t Ask, Don´t tell", que desencoraja militares gays a saírem do armário. Woods é um dos seis candidatos que pleiteiam o direito de concorrer ao Congresso pelo Partido Democrata. A vaga em questão foi aberta depois que a deputada Ellen Tauscher deixou a cadeira para assumir uma secretaria do Senado. A eleição para o substituto de Tauscher será realizada em novembro.

Danni Carlos divulga filme em que vive cantora bissexual


A cantora Danni Carlos, segunda colocada no reality da Record A Fazenda, mal saiu do confinamento na noite do último domingo, dia 23 de agosto, e já tem muito trabalho pela frente. Além das entrevistas que a esperam, Danni já começou a divulgar o filme Quanto Dura o amor?, que estreia no dia 4 de setembro nos cinemas.No longa de Roberto Moreira, Danni Carlos vive Justine, uma cantora bissexual que se envolve num triângulo amoroso com Marina (Silvia Lourenço), aspirante a atriz, e Nuno (Paulo Vilhena), dono de uma boate.Toda trilha sonora do filme é interpretada por Danni Carlos. Na última sexta-feira, 21 de agosto, caiu na rede um clipe do longa com a música High and Dry, do Radiohead, interpretada pela cantora

Novo livro garante que apresentadora Oprah Winfrey é lésbica


A apresentadora Oprah Winfrey, de 55 anos, que já foi alvo diversas vezes de boatos sobre sua sexualidade, tenta agora impedir a publicação de um livro que afirma que ela é lésbica e que mantém um relacionamento com Gayle King, editora da revista O, The Oprah Magazine, e sua melhor amiga há mais de 30 anos.A publicação do livro foi destaque dos tabloides americanos. Segundo o jornal The Globe, a apresentadora do The Oprah Winfrey Show já teria acionado seus advogados para resolver o assunto.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

BALACUBACO : O NOVO BAR GAY DE SALVADOR

Inspirado no CD Balacubaco, de Rita Lee, o empreendedor Cícero Leite investiu em bar destinado ao público gay em Salvador. Trata-se do mais badalado barzinho do bucólico bairro de São Caetano. Segundo o pravda.ru a programação musical variada, do tecno ao rap, do axé ao “bate queixada”, o Balacubaco inova com shows de transformista, comida deliciosa, cerveja geladíssima e atendimento personalizado. Era tudo o que faltava em Salvador, que na baixa estação fica quase sem opções para o exigente público noturno. O bar é simples, singelo, mas de muito bom gosto. O cliente se sente em casa, literalmente. O cardápio é variado, com caldos, petiscos, carnes e outras especiarias. Curioso e sugestivo é o “caldo de pinto”, que é servido em uma tigela acompanhado de molho e limão. Vale a pena experimentar. Além disso, a cerveja é geladíssima, contrastando com o clima “quente” das apresentações de transformistas da noite soteropolitana. Outras estrelas se apresentam ali: Felícia de Buá, Chandelly Houston, Lavínia Castelari, Marta Muller e outras. O barzinho funcionava no final de linha do bairro. Agora, numa parceria com o GS Bar, apresenta uma nova concepção. De segunda a quinta, ambiente convencional. Nos finais de semana, a galera descolada “se joga” no Balacubaco. Quem chega ao barzinho não pode dizer que não se divertiu ou que não comeu e bebeu do melhor, pois o cardápio é variado e bem preparado. Além de tudo, tem arte exposta nas paredes. Onde: Entrada da Fazenda Grande, São Caetano Quando: sexta a domingo a partir das 20h

JUSTIÇA DE NOVE ESTADOS E DO DF. JÁ RECONHECE UNIÃO HOMOSSEXUAL


Apesar de não existir oficialmente, a união estável entre pessoas do mesmo sexo já foi reconhecida pela Justiça de nove Estados e do DF, segundo levantamento feito pela Folha de SP nos Tribunais de Justiça. Essas decisões veem a união de gays e de lésbicas como uma família, o que ainda é bastante controverso no país, pois não existe legislação específica.Essa situação pode mudar após a aguardada manifestação do Supremo Tribunal Federal sobre a questão. O STF foi provocado a se posicionar no ano passado, pelo governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB). Ele entrou com ação pedindo que a união estável de pessoas do mesmo sexo tenha valor igual ao de uma união heterossexual.Enquanto não há uma regra clara, fica a cargo de cada magistrado interpretar se a legislação permite ou não a união.Na maioria dos Estados, a Justiça reconhece o casal gay como uma sociedade de fato- trata não como uma família, mas como um negócio. O movimento gay defende justamente que os casais tenham o status de família e, por isso, pressiona o Supremo e o Congresso Nacional a mudarem as regras.A reportagem encontrou pelo menos uma sentença favorável em primeira ou segunda instância em São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Goiás, Acre, Piauí, Mato Grosso e Alagoas.Os demais Estados não têm decisões favoráveis ou declararam não ter registro de julgamentos nesse tipo de questão.Advogados apontam que, na maioria dos casos, o reconhecimento da união é pedido quando o casal se separa ou um dos parceiros morre - para fins de partilha de bens ou de herança.Um dos Estados pioneiros foi o Rio Grande do Sul, onde surgiu o termo "união homoafetiva" para designar a relação entre pessoas do mesmo sexo.A desembargadora aposentada Maria Berenice Dias, que cunhou a expressão, critica a ausência de legislação. "Cada cabeça [de juiz], uma sentença, o que gera uma insegurança total." Segundo ela, isso só acontece por uma "atitude criminosa" dos parlamentares. "Se houvesse lei, não haveria essa controvérsia", rechaça.Movimentos gays apontam omissão do Legislativo, que não trata do tema para não desagradar a setores conservadores e ligados a religiões. O Espírito Santo é outro Estado com decisões favoráveis. O juiz Júlio César de Oliveira, da 3ª Vara de Família de Vitória, reconheceu duas uniões estáveis entre homens neste ano."Entendo quem vê que não é uma família. É uma situação nova e ainda há muita resistência, mas é uma realidade." Apesar de abrigar boa parte da militância pelos direitos dos homossexuais, não há ainda decisão favorável a união estável na Justiça do Rio, segundo o desembargador Siro Darlan.No Estado, só há casos em que o casal gay foi considerado sociedade de fato. De acordo com Darlan, em outros Estados a Justiça já vem se antecipando. "Foi assim com o concubinato. A jurisprudência sempre se antecipa à lei", avalia.

Barbie chega aos 50 com novas famosas em versão boneca

Essa história de que só menina gosta de boneca já caiu por terra há muito tempo. Hoje em dia há muitas maneiras de se gostar delas. Há também pessoas que gostam de colecioná-las e as bonecas na versão celebridades fazem um enorme sucesso.As bonecas Barbie completam 50 anos e povoam o consciente imaginário de muita gente. Durante essas 5 décadas, a boneca já homenageou vários artistas. Na comemoração por meio século de existência, Barbie ganhou novas versões de famosas. A boneca agora tem versões como Heidi Klum, Cher e Beyoncé. Uma Barbie loira vem com um sutiã em formato de cone, típico da Madonna dos anos 1980. Ou numa versão morena, com vestido longo, em homenagem à Audrey Hepburn. Uma das mais novas obras dos artistas italianos que fabricam o produto são as versões em miniatura dos protagonistas de "Crepúsculo". Como sempre, o trabalho é impecável.

CANTORA LADY CAGA AFIRMA SER HERMAFRODITA


Considerada uma das sensações da cena pop contemportânea, a cantora Lady Gaga surpreendeu os fãs de todo o mundo ao falar sobre sua sensualidade. Segundo o site O Fuxico a cantora afirmou que tem dois órgãos genitais: 'Sim, sou hermafrodita. Não tenho por que me envergonhar. Simplesmente é uma coisa que não vou comentar com o mundo inteiro. Trata-se de um pênis pequeno, que realmente não interfere na minha vida diária (...) Como eu sou bissexual, os dois órgãos enriquecem muito meus relacionamentos. É fantástico!, revelou.

RIO CONCORRE A MELHOR DESTINO GAY DO MUNDO

O Prêmio é concedido pela Logo, canal da MTV voltado ao público GLBT. A cidade está competindo com Barcelona, Buenos Aires, Londres, Montreal e Sydney.A representação do Rio Convention & Visitors Bureau nos Estados Unidos, Myriad Marketing, recebeu o comunicado nesta quarta-feira (19/08) que o Rio de Janeiro foi nomeado como cidade candidata a posição de Melhor Destino Gay Global pela Logo, canal da MTV voltada ao público GLBT. A campanha está sendo feita pelo site de turismo gay TripOut Gay Travel, que faz parte da rede. A equipe que selecionou o Rio para o prêmio, chamado 2009 TripOut Gay Travel, é formada por jornalistas, colaboradores, editores e profissionais de viagens GLBT. O Rio está competindo com Barcelona, Buenos Aires, Londres, Montreal e Sydney. Para reforçar a campanha pelo Rio, o Rio Convention & Visitors Bureau tem na seção Notícias de seu site um link direcionando para a votação, além de enviar mala direta a todos os seus mantenedores e outras empresas. - É indiscutível a importância e crescimento do turismo gay no mundo. O Rio tem todas as características para ser conhecida como cidade “gay friendly”. É uma aposta na diversidade que rende muita receita para a cidade, geração de empregos, aumento da arrecadação de impostos e distribuição de renda – diz Paulo Senise, superintendente do Rio Convention & Visitors Bureau.Além de Melhor Destino Gay Global, o prêmio conta ainda com outras nove categorias dos melhores no segmento gay, entre elas, festa ou evento anual, bar, cadeia de hotéis, operadora de turismo, hotel ou resort de luxo e companhia aérea. O período de votação já começou e vai até 28 de setembro. Para escolher o Rio, basta ir ao site http://www.tripoutgaytravel.com/awards. O vencedor será anunciado no dia 2 de novembro, durante a CMI 10ª Conferência de Turismo Gay e Lésbico, em Boston.

sábado, 22 de agosto de 2009

Barcelona é 2º destino mais procurado por homossexuais no mundo

Estudo revelou que cidade espanhola perde apenas para Amsterdã
Um estudo realizado pela associação GLBT espanhola Arco-Íris revelou que a cidade de Barcelona é o segundo destino mundial mais procurado pelos homossexuais, perdendo apenas para Amsterdã, a capital da Holanda.
O estudo revela ainda que a cidade espanhola atrai mais de cem mil homossexuais a cada ano e que estes turistas, em sua maioria, são ingleses, alemães, franceses e holandeses.
Segundo a associação, isso acontece por conta do melhor nível econômico dos homossexuais e porque a maioria não tem filhos, o que também permite que possam viajar mais que os heterossexuais.
Ao que tudo indica, Barcelona também se interessa pelos turistas homossexuais. Na próxima edição do Salão Internacional de Turismo que acontecerá na cidade entre os dias 17 e 20 de abril haverá um “Pink Corner”, um stand especializado em turismo GLBT. Além disso, Barcelona abrigou a primeira parada gay da Espanha e este ano se prepara para o “Eurogames 2008”, o evento esportivo GLBT mais importante da Europa.

ROGÉRIO FIGUEIREDO ASSINA OS LOOKS DO MR. GAY BRASIL QUE TERÃO COMO TEMA A CAMPANHA NÃO HOMOFOBIA


Sinônimo de ousadia e sofisticação, o estilista Rogério Figueiredo desenhará todo o figurino do próximo Mr. Gay Brasil 2009, que será realizado no teatro Santo Agostinho em São Paulo, do dia 5 a 7/9. Figueiredo reservou algumas peças para a promoção da Campanha Não Homofobia, que visa à coleta de assinaturas virtuais em prol da aprovação do PLC 122/06, projeto de lei que criminaliza a homofobia no Brasil informou a Target Assessoria de Comunicação. Serão camisetas e macacões com as referências e identidade visual do site www.naohomofobia.com.br, lançado pelo Grupo Arco-Íris de cidadania LGBT (RJ) em out/2008. "O último look será um macacão branco com a logo e as cores da Campanha Não Homofobia. Quero passar uma imagem mais agressiva, lembrando os macacões de corrida e também transparecer a seriedade da campanha" explica o estilista, Rogério Figueiredo, que tem entre suas clientes cativas Betty Faria, Daniela Escobar, Deborah Oliveira Sampaio, Luiza Brunet, Mila Moreira, Deborah Secco, Claudia Alencar, Cissa Guimarães (que também apóia a campanha) e Paula lima.Para o coordenador-geral da Campanha Não Homofobia, Cláudio Nascimento “a participação de Rogério é de extrema importância para a propagação da iniciativa do Grupo Arco-Íris. Todos podem ajudar de alguma forma. É importante que as pessoas se apropriem da campanha e insiram, de alguma maneira, em suas atividades diárias, para que juntos possamos aprovar este projeto que põe fim ao preconceito e à discriminação aos LGBT no país”.O concurso Mister Gay Brasil, idealizado pelo site Mix Brasil nasceu no segundo semestre de 2007 com o objetivo ampliar a visão sobre a diversidade sexual de um modo lúdico e natural. O concurso Mister Gay Brasil segue o lema do concurso Mister Gay Internacional, "Desmistificar os estereótipos" e com isso obter participantes que acrescentem algo, não tendo o físico como atributo principal, e sim a maneira de ser, estar e conviver com a sociedade e acima de tudo a capacidade de assumir e ter orgulho de ser o que é.

PM . AFASTA POLICIAIS QUE ARRASTARAM TRANSEXUAL PELOS CABELOS EM ALAGOAS

A Polícia Militar de Alagoas anunciou nesta quarta-feira (19) o afastamento de dois policiais que participaram da prisão, no domingo, de um transexual durante a Parada Gay em Penedo, litoral norte do Estado.Uma gravação flagrou os militares arrastando a vítima pelos cabelos e pelo chão. Os policiais jogaram ainda a vítima no asfalto por duas vezes antes de a levarem para a delegacia.Segundo os policiais, o transexual estaria sem roupa, praticando atos obscenos e teria desacatado os militares. A identidade do transexual não foi revelada pela organização do evento. Por temer represálias, a vítima não quis prestar queixa dos policiais.No vídeo disponível no site da UOL que foi gravado por um cinegrafista amador, a vítima é abordada por três policiais. Na primeira imagem, ela aparece vestindo uma camisa, sem a calça, usando um fio dental.Em seguida, obrigado pelos militares, o transexual veste a calça e é algemado. Sem demonstrar reação, dois dos policiais carregam o transexual pelos cabelos por cerca de cinco metros e, em seguida, o jogam no chão. Na sequência, os mesmos policiais arrastam a vítima pelo chão, até uma ambulância. Como teria se recusado a receber atendimento médico no local, o transexual foi levado até uma viatura policial. Antes de ser colocado no veículo, ele foi jogado no chão mais uma vez. Centenas de pessoas no local presenciaram essa cena. A secretária de Estado da Cidadania, dos Direitos Humanos e da Mulher, Wedna Miranda, afirmou que o Estado está tentando localizar a vítima da agressão para dar assistência psicológica. "Já entramos em contato com a organização do evento, já o identificamos e vamos assisti-lo. Nós também procuramos a polícia para repudiar o fato. As pessoas assistiram às imagens horrorizados", disse. Sindicância Além do afastamento, a PM também abriu sindicância para apurar a atuação dos militares no caso. Durante os 30 dias de investigação, eles vão realizar apenas serviços administrativos no quartel.A repercussão negativa no Estado levou o comando da PM a convocar uma entrevista coletiva nesta quarta-feira. O comando da PM repudiou publicamente os métodos utilizados pelos policiais. "Verificamos que houve excessos. Não é esse o procedimento indicado para a condução de presos. Queremos dar uma resposta rápida à sociedade, pois um policial não tem direito de fazer o que ele fez", ressaltou o Coronel José Praxedes, comandante de Policiamento do Interior. Apesar de reconhecer os excessos da ação, o comandante do 11º Batalhão - que compreende o município de Penedo -, Coronel Pinheiro, defendeu o militar que coordenou a prisão. "Nossa guarnição recebeu um chamado por prática de atos obscenos na rua. Ao chegar ao local, os policiais o fizeram ver que o comportamento dele [transexual] não era o adequado. Pela exaltação, houve uma evolução da ocorrência. Ele esperneou, não aceitou ser levado à ambulância para ser medicado e aí houve o excesso dos policiais. Mas o chefe da operação é um excelente policial militar e tem feito várias ocorrências de destaque", alegou, sem revelar os nomes dos militares envolvidos.Segundo o coordenador da Rede GLBT (Gays Lésbicas, Transexuais e Bissexuais) no Nordeste, Bizan Velô, a punição administrativa não é suficiente e o caso será levado à Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República. "Foi uma situação arbitrária: agredir um cidadão, independente dele ser transexual, que estava em um evento dele. Ali era um espaço GLTB. Vamos acionar a Secretaria para ver a situação desse caso", informou. Preconceito O presidente do Conselho Estadual de Segurança Pública, Delson Lyra, acredita que a ação foi motivada por preconceito sexual. "Foi algo gritante, inaceitável. Aparentemente aconteceu por ímpeto preconceituoso. Mesmo se a prisão fosse legal, não necessitava de tamanha indignidade, contra a integridade física. Acredito que a polícia vai punir os envolvidos", afirmou.Já o presidente da comissão de direitos humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Alagoas vê despreparo policial. "Diariamente recebemos denúncias do abuso do poder de polícia, o que caracteriza despreparo dos militares. Vamos ter contato com a vítima e pedir que o Ministério Público se posicione sobre o caso".

ESTUDANTE GAY RECEBE R$ 50 MIL POR SER AGREDIDO NA ESCOLA

Um estudante de uma escola do Estado de Minnesot, EUA, recebeu uma indenização no valor de R$ 50 mil por ter sito vítima de discriminação contra sua orientação sexual na escola onde estudava. O abuso aconteceu entre 2007 e 2008, na escola Anoka-Hennepin School District, onde, segundo a denúncia, dois professores perseguiam o aluno com piadas em plena sela de aula sobre sua sexualidade. O Toda Forma de Amor disse que a investigação mostrou que os professores Diane Cleveland e Walter Filson fizeram repetidas vezes comentários sobre a orientação sexual do aluno em sala e permitiram que outros estudantes também agredissem a vítima com insultos. "Seu receptador balança de todas as maneiras" disse Cleveland em um dos seus comentários maldosos. Em outra ocasião ela disse queo aluno tinha uma "coisa para um homem mais velho." O professor Walter Filson disse, ao justificar os abusos, que o aluno gostava de se vestir com roupas de mulher. O depoimento dele faz parte do relatório do Distrito Escolar que afastou Filson temporariamente, em 2008. Só que tanto ele, quanto Cleveland já voltaram a trabalhar no mesmo distrito. Os dois professores foram condenados por violar o Ato de Direitos Humanos do Estado de Minnesota.

A TRAVESTI LÍVIA MENDONÇA SURPREENDE POSITIVAMENTE JURADOS DO PROGRAMA ÍDOLOS


A candidata Lívia Mendonça, 20 anos, trabalha em salão de beleza e não tem experiência em cantar em público. Porém, foi incentivada pela mãe a mostrar suas qualidades vocais. "Não canto pra ninguém, só resolvi cantar para participar do Ídolos. Criei coragem e vim. Sempre morri de vergonha de cantar. Meu sonho é poder cantar, e nem é preciso eu ganhar dinheiro, apenas cantar", disse Lívia pouco antes da apresentação divulgou o site do programa da Rede Record.Ao dizer que nunca havia cantado e que estava praticamente iniciando-se no Ídolos, deu a impressão que a moça seria apenas mais uma iniciante querendo aparecer na TV. Puro engano! Lívia soltou a linda voz e mostrou um dom vocal natural e um timbre muito peculiar, parecido com o da cantora Maria Bethânia, além da leveza nos gestos e na postura. "Espero que Lívia seja reconhecida não pela opção sexual, mas sim pelo talento que tem como cantora", disse a mãe da cantora. Ao deixar a sala de audição, Lívia estava muito feliz e emocionada, principalmente, ao dizer em entrevista a Rodrigo Faro que sua alegria naquele momento deu-se também pelo fato de ser uma travesti que passou pela aprovação dos jurados mais exigentes do Brasil.

GRUPO DE DIREITOS HUMANOS ALERTA PARA TORTURA DE GAYS


Milicianos estão torturando e matando homossexuais no Iraque, em uma campanha sistemática que se espalhou de Bagdá para várias outras cidades. A denúncia foi feita pelo Human Rights Watch (HRW), importante grupo de direitos humanos.O HRW pediu que o governo iraquiano aja com urgência para impedir os abusos, advertindo que as chamadas "limpezas sociais" representam um novo risco à segurança, mesmo em um contexto em que outros tipos de violência ganham força. Segundo as informações do site Bem Paraná, os corpos de vários gays foram encontrados no principal distrito xiita de Bagdá, Cidade Sadr, mais cedo neste ano. Nos corpos deles havia inscrições como "pervertido" e "cachorrinho" - termos usados pejorativamente para descrever homossexuais no Iraque - escritos em seus peitos. Sediado em Nova York, o grupo afirmou que as ameaças e abusos têm se espalhado por cidades como Kirkuk, Najaf e Basra, ainda que permaneça concentrada na capital. Segundo o HRW, não há números confiáveis sobre o tema disponíveis. O grupo disse que isso ocorre por uma combinação de despreparo das autoridades para investigar esses crimes e pela resistência de familiares de informar sobre o problema. Citando um funcionário da ONU, o grupo afirmou que o número de mortos nessa modalidade criminosa deve estar "na casa das centenas".A campanha homofóbica é atribuída em grande parte a militantes xiitas extremistas, que consideram o homossexualismo um comportamento contrário ao Islã, agredindo e matando mulheres por não usar véus e bombardeando lojas de bebidas alcoólicas. "A mesma coisa que costumava acontecer a sunitas e xiitas está ocorrendo agora com os gays", disse um médico, referindo-se ao período de disputa sectária no país. O profissional, ele mesmo um gay assumido, afirmou que perdeu vários amigos assassinados. Um funcionário do Ministério do Interior, que pediu anonimato, reconheceu que houve um aumento forte nesses ataques contra gays Segundo ele, os extremistas xiitas são os suspeitos pela violência. Os homossexuais foram vítimas desde o início da guerra do Iraque, em 2003, mas as mortes parecem ter se intensificado com a melhoria da situação no país. A calma parcial fez com que gays saíssem para se encontrar em locais públicos como cafés, segundo o relatório. O HRW acusou as autoridades de não fazerem nada para interromper as mortes e advertiu que isso mostrava uma incapacidade geral para proteger os iraquianos. O Ministério de Direitos Humanos do Iraque condenou os homicídios de homens gays. A favela de Cidade Sadr, um bastião da milícia do clérigo Muqtada al-Sadr, foi palco de uma insurgência contra as forças norte-americanas após a invasão de 2003. As tropas dos EUA controlaram a área no ano passado. Segundo a polícia, com a redução da violência em Cidade Sadr, os milicianos que atuavam no local começaram a percorrer outras áreas. Clérigos xiitas frequentemente pedem "educação e reabilitação" para os gays, em seus sermões de sexta-feira. O relatório lembra que a lei iraquiana não proíbe a relação sexual consensual entre homossexuais adultos, mas contém certos trechos que podem ser usados pelos agressores. Entres estes estão determinações da era de Saddam Hussein que reduziam penalidades para supostos crimes de honra e contra pessoas agredidas por sua orientação sexual.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Morre de câncer assumido ator global Miguel Magno


O ator Miguel Magno, a Dra. Percy de Toma Lá Dá Cá, morreu nesta segunda-feira, ao 58 anos, no Hospital Paulistano, em São Paulo.Magno estava internado desde julho por conta de um câncer no baço. O ator havia sido operado e aguardava o resultado de uma biópsia quando morreu.O último episódio de Toma Lá Dá Cá com a participação de Magno irá ao ar nesta terça-feira, 18 de agosto. O corpo de Miguel Magno será velado hoje no Teatro Bibi Ferreira, em São Paulo, a partir das 18h.Em agosto de 2005, Magno foi entrevistado pela G Magazine. Na época, ele também interpretava um papel feminino, a Dona Roma, na novela global A Lua Me Disse. “Me fantasiar acredito até que seja uma missão, uma coincidência fabulosa”.Assumido, o ator falou da evolução da sociedade em relação aos LGBT. “A prova de que a sociedade evoluiu é a vitória do Jean Wyllys no BBB. Bastou ele se assumir para ser atacado por todos aqueles trogloditas, mas a sociedade tomou as dores do Jean e mudou o quadro”.Sobre sua vida amorosa, ele revelou que “muitos bailarinos passaram pela minha mão”. Magno contou ainda que um de seus namorados foi o responsável pelo seu ingresso na carreira artística, pois o rapaz era o líder de um grupo de teatro.

"Eu sou gay. Minha música é gay. Meu show é gay", garante Lady Gaga


Prestes a começar uma pequena turnê com Kanye West, a cantora e pop star do momento Lady Gaga declarou à revista Out magazine de setembro que, antes de fechar a parceria com o rapper, deixou bem claro sobre sua sexualidade e do quanto ama que a maioria do seu público seja gay.“Eu disse para ele: ‘Eu quero deixar claro antes de nós decidirmos fazer isso [turnê] juntos: Eu sou gay. Minha música é gay. Meu show é gay. E eu amo que tudo isto seja gay. E eu amo meus fãs gays e todos eles vão estar em nosso show. E tudo vai continuar sendo assim’”, salientou a cantora, que deverá fazer a série de shows com Kanye West no final do ano.Em outro trecho da entrevista Lady Gaga falou sobre o quanto que a cultura gay deu forma ao seu trabalho. “Quando eu comecei no mainstream foram os gays que me colocaram lá. Eu me comprometi com eles e eles se comprometeram comigo e é graças a comunidade gay que eu estou aqui hoje”, enfatizou a pop star. As referências ao universo homoerótico são claras no trabalho de Lady Gaga , que já se assumiu bissexual em maio deste ano. Além de uma performance fetichista durante uma premiação, a cantora beija uma outra mulher no seu novo clipe Love Game.

"O casamento será bem simples: apenas nós dois", diz Marc Jacobs sobre sua união com brasileiro


Ninguém será testemunha do casamento gay mais esperado do ano, entre o estilista Marc Jacobs e Lorenzo Martone. É isso mesmo. Os dois querem uma cerimônia tão reservada que só o casal e um juiz participarão do evento. Para a revista NY Mag, Jacobs afirmou que “o casamento será bem simples: apenas nós dois”.
A data ainda não foi confirmada, mas os dois garantem que será ainda neste mês de agosto em Massachusetts, estado norte-americano onde o casamento entre pessoas do mesmo sexo é legalizado. A cidade onde será realizado o casamento é Provincetown, em que um colega do mundo fashion de Jacobs, Robert Duffy, tem uma casa.
O casamento já deveria ter acontecido. Marcado para o dia 27 de junho, a cerimônia foi adiada por conta de excesso de trabalho de Jacobs.

Alagoas: Policiais acusados de agredir travesti são afastados do trabalho

Um vídeo exibido na TV Globo de Maceió resultou no afastamento de policiais militares que atuaram na 4ª Parada Gay de Penedo, a 157 Km de Alagoas. Feitas por um cinegrafista amador, as imagens mostram uma travesti sendo agredida por policiais.Segundo a PM, as autoridades foram chamadas porque a travesti “estava sem roupa e fazendo gesto obscenos”. O comandante de policiamento do interior, coronel José Praxedes, declarou que a corregedoria da Polícia Militar abriu um processo administrativo para investigar a ocorrência.O vídeo mostra os policiais arrastando a travesti pelos cabelos e depois jogando-a dentro da viatura. “As imagens demonstram excesso de violência, mas a vítima também agrediu os policiais”, disse o coronel José Praxedes.Os dois policiais envolvidos no caso já estão afastados de seus cargos. “Eles vão atuar na parte administrativa, foram afastados da parte operacional”, revelou coronel Pinheiro, comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar.Em comunicado divulgado nesta quarta, 19 de agosto, a ABGLT (Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais) pede a instauração de um inquérito. “Temos respeito pela instituição da Polícia Militar, mas faz-se necessário punir exemplarmente policiais que não respeitam a orientação sexual e a identidade de gênero das pessoas, agredindo-as fisicamente. Pedimos também que medidas sejam tomadas para garantir a integridade física da vítima”.

EUA: Girafa e avestruz protagonizam romance lésbico


O zoológico do parque Busch Gardens, na Flórida, está nas manchetes de todo o mundo graças à relação incomum entre uma girafa e uma avestruz. A pescoçuda Bea e a penosa Wilma estão chamando atenção dos tratadores e visitantes com uma amizada inseparável. As duas não se desgrudam e passam o dia trocando carícias. Como os dois animais são do sexo feminino, o caso já vem sido tratado como o primeiro amor lésbico interespécie de que se tem notícia nos EUA.

Fórum lésbico do RJ será lançado

Uma das atividades da programação do Mês da Visibilidade Lésbica no Rio de Janeiro será o Fórum de Lésbicas e Mulheres Bissexuais do estado, lançado nesta quarta, 19, no Conselho Estadual dos Direitos da Mulher. Segundo a presidente do Grupo Sete Cores de Niterói, Caroline Benites, o evento terá como objetivo afirmar lésbicas e mulheres bissexuais enquanto sujeitos políticos na ocupação de espaços e tomadas de decisões. Para o Superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do RJ, Cláudio Nascimento “o Governo do Estado do RJ apóia essa ampla programação pela visibilidade lésbica e de mulheres bissexuais por entender que tem a obrigação institucional de atuar para combater todo tipo de discriminação”.

Sinal verde


Governo brasileiro sinaliza pelo reconhecimento de uniões gays com parecer da AGU

A Advocacia Geral da União enviou nesta terça, 18, um parecer ao Supremo Tribunal Federal defendendo o reconhecimento das uniãos estáveis entre pessoas do mesmo sexo. No documento, a AGU, órgão que representa o posicionamento oficial do governo federal brasileiro, considera que os direitos civis de casais homossexuais em processos judiciais não ferem a Constituição. De acordo com o texto, direitos fundamentais como a dignidade humana, privacidade e intimidade seriam protegidos pela legitimação das uniões gays. "Numa interpretação sistemática da Constituição da República é possível verificar que o que se pretende é justamente proteger a liberdade de opção da pessoa", ressaltou o advogado da União Rogério Marcos de Jesus Santos, que assina o documento. Para o órgão, as uniões homoafetivas simbolizam uma "realidade para qual não se pode fechar os olhos".O parecer da AGU ressalta ainda o exemplo de países que consolidaram os direitos civis reconhecendo as uniões gays. O STF deve julgar em breve a ação proposta pela Procuradoria Geral da República que propõe abolir a proibição do reconhecimento das uniões gays que consta no Código Civil. Em seu artigo 1.723, o Código reconhece como entidade familiar apenas a união entre homem e mulher.