VEJA E OUÇA A DEFESA FERVOROSA DO SEGUIMENTO GLS GLBT GLBTT NA VOZ TROVEJANTE DO AMIGO BOCA ABERTA

Loading...
Mande suas críticas e sugestões
amigobocaaberta@gmail.com

segunda-feira, 28 de março de 2011

Virada Cultural vai ter Mauro Borges, Renato Ratier e pencas de filmes gays


A Prefeitura de São Paulo divulgou na última sexta-feira, 25, a programação completa da Virada Cultural 2011, que começa às 18h do próximo dia 16 (sábado) e termina às 18h do dia 17 (domingo). Tem coisas bem legais como a mostra Cinema para Cantar e Dançar, no Cine Olido, com direito a filmes bem gays como "The Big Gay Musical" (2009), "Cabaret" (1972) e "Hedwig - Rock, Amor e Traição" (2001).Na parte musical este ano não vai rolar ficar em um lugar só, vai ser preciso andar pelos palcos porque tem a diva gay do Norte Gaby Amarantos (Palco Barão de Limeira - 6h), Rita Lee (Palco Júlio Prestes - 18h), Marina Lima (Palco Arouche – 1h), Cibelle e Cidadão Instigado (Palco XV de Novembro – 0h) e Mart`nália (Palco República – 16h). Já as pistas espalhadas pelo centro paulistano recebem os DJs Renato Lopes (Pista Ladeira da Memória – 21h), Mauro Borges (Pista Major Sertório – 2h), e Renato Ratier (20h), Adriano Pagani (2h) e Renato Cohen (16h) na Pista Largo São Francisco, que promete ser a mais bombada. Confira abaixo o quê vai ter de mais legal. A programação completa você confere clicando aqui. Cine Olido - Cinema para Cantar e Dançar(Avenida São João, 473 - Galeria Olido)18h - "Um Dia em Nova Iorque" (1949)20h - "Cabaret" (1972)22h10 - "Hedwig - Rock, Amor e Traição" (2001)0h - "The Big Gay Musical" (2009)1h40 - "Were the World Mine" (2008)3h30 - "Jesus Cristo Superstar" (2000)5h30 - "Hair" (1979)7h40 - "South Park - Maior, Melhor e Sem Cortes" (1999)9h30 - "Heavy Metal - Universo em Fantasia" (1981)11h10 - "Sita Sings the Blues" (2008)12h40 - "Fanaa" (2006)16h - "Eklavya" (2007)18h - "English Babu Desi Mem"Pista Largo São Francisco18h - Audrey20h - Renato Ratier22h - Dj Patife0h - Eli Iwasa2h - Adriano Pagani4h - Propulse Live6h - Vitor Lima8h - Maxwell Rocha10h - Re Dupre12h - E-Cox Live14h - Mad Zoo16h - Renato Cohen.


lifestyle

Meninos do Kazaky fazem abertura bafo de desfile na Ucrânia


Os meninos do Kazaky não param de dar muita pinta e desta vez foram parar nas passarelas da Semana de Moda da Ucrânia para abrir, com muito carão, o desfile de Outono/Inverno de Georgia Anouki Bicholla – a gente jura que este é mesmo o sobrenome dela. Eles se apresentam ao som de “Love”, o novo single de trabalho. Depois da entrada deles logo no comecinho, teve muita modelo que ficou meio sem graça de entrar para dar seu close.


mix

Biografia afirma que Gandhi era bissexual


Uma biografia de 448 páginas que ainda vai ser lançada já está causando polêmica por afirmar que Mahatma Gandhi era bissexual. Segundo o jornal britânico Daily Mail, o mestre religioso teria abandonado sua esposa e seus filhos e viveu durante 10 anos um relacionamento amoroso com outro homem. Escrita pelo jornalista Joseph Lelyveld, "Great Soul" afirma que o líder indiano deixou sua mulher e seus quatro filhos para morar com Hermann Kallenbach, um fisiculturista alemão de origem judaica que se apaixonou por Gandhi quando se mudou para a África do Sul - se tornando um de seus discípulos mais próximos.Ainda segundo a nova biografia, eles moraram juntos no continente africano por dois anos, dividindo o mesmo teto. Joseph afirma que Gandhi mantinha um retrato de seu amado na cabeceira de sua cama, além de ter prometido a ele nunca olhar para as mulheres com intenções “impuras”. O casal só teria se separado em 1914, quando o líder indiano voltou ao seu país. Mas os dois, ainda apaixonados, teriam continuado a trocar cartas.


lifestyle

STJ não decide se casais gays podem declarar imposto juntos


A ação que pretende proibir a inclusão de parceiro homossexual na declaração do Imposto de Renda (IR), permitida desde este ano, felizmente deu mais um passo atrás nesta semana. A 20 ª Vara Federal do Distrito Federal transferiu no início deste mês o julgamento do caso para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), que acaba de devolver a ação para a primeira instância, adiando ainda mais a decisão.A 20ª Vara alegava que não podia julgar a ação popular dos deputados federais Ronaldo Fonseca (PR-DF) e João Campos (PSDB-GO), integrantes da bancada evangélica da Câmara, porque ela era contra o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que autorizou a inclusão do parceiro homossexual. A primeira instância alegou que a regra constitucional determina que é competência do STJ julgar atos de ministros de Estado.Mas o Superior entendeu diferente. O ministro do STJ Carlos Meira afirmou que em ação popular não se aplica o foro privilegiado, logo, Guido pode ser julgado pela 20ª Vara. Com esse vai pra lá e pra cá, a ação continua sem efeito e casais de mesmo sexo podem declarar o IR juntos.


pride

Santo André recebe exposição sobre o movimento LGBT


Vai ser aberta em Santo André no próximo dia 11, ás 19h, a exposição “História Colorida – O movimento LGBT em destaque”, que fica em cartaz até o dia 15 de abril no Centro universitário Fundação Santo André – Pátio da Fafil. São imagens organizadas pelo grupo Somos Coloridos que contam “a realidade de um dos mais importantes movimentos sociais da História”.A visitação é gratuita e poderá ser feita das 19h às 22h. O Centro Universitário fica na Avenida Príncipe de Gales, 821 – Príncipe de Gales, em Santo André, Grande São Paulo. Mais informações pelo e-mail somos.coloridos@hotmail.com.


central

Ex-RBD, Christian Chávez, lança clipe bafônico em show no Brasil


O single “Libertad”, em parceria com a amiga Anahí foi lançado no último sábado, 26, durante a turnê do show conjunto “Go Any Go – Libertad Tour” na Via Funchal, em São Paulo. Gravado em Los Angeles, o clipe mostra o cantor mexicano se confessando a um padre, mesmo sem ter pecado – não há nada de errado em ser gay.O vídeo é polêmica na certa. Se o clipe “Mi Delírio”, de Anahí, já havia sido censurado em 2009 pelo Youtube, o que será de “Libertad”, um vídeo super bafônico, fetichista e apimentado, onde a pegação rola solta e a igreja mais uma vez é palco de discussão. Sem sombra de dúvidas, o clipe é bem diferente do que os fãs de RBD estavam acostumados. É uma tentativa clara do cantor, em se desvincular do estereótipo teen e firmar sua carreira solo junto ao público gay. A música é forte, fala da quebra do silêncio, do abandono da dor; de não abandonar seus sonhos e de viver sem medo, em liberdade. Gay assumido, após ter saído do armário, em 2007, o cantor trabalha como ativista em prol de causas GLS e humanitárias.CríticaO show está longe de ser uma super produção, mas isso não é novidade. Ambos, ex-integrantes do grupo mexicano RBD, seguem carreira solo. A turnê “Go Any Go”, de Anahí se funde com a “Libertad Tour”, de Christian. Uma jogada estratégica para esgotar ingressos. Anahí é pura simpatia, sorrisos e adora conversar com o público. Já Christian é muito mais performático. É evidente a inspiração do cantor mexicano no gay appeal do wannabe rockstar Adam Lambert – preto, couro, taxas, vinil e luvas. O show correu bem. Não houve atrasos, poucas falhas audiovisuais e animação na medida certa. Na playlist, sucessos como “Sexy Boy”, “Feliz Cumpleaños”, Libertad”, “Salvame”, “Mi Delírio”, “Me Hipnotizas”, entre outras. O ponto alto da noite foi o encerramento, onde Anahí reaparece cantando “Lambada”. A loira aproveitou a onda de “On The Floor”, de Jennifer Lopez para se despedir de São Paulo ao som de “Chorando Se Foi”.


cultura gls

Depois de 45 anos no ar, seriado vai ganhar personagem gay


Já em sua 45ª temporada, a soap opera (novelas tipo “Malhação”, que nunca terminam) norte-americana “Days of Our Lives”, da NBC, vai finalmente introduzir um casal gay em sua trama – que responde pela segunda maior audiência dos Estados Unidos entre mulheres de 18 e 29 anos. Até hoje, a NBC só havia exibido um personagem LGBT, na série “Passions”, de 2006.A emissora de televisão ainda faz muito segredo sobre quando, quem e como vai rolar a inserção de diversidade sexual em sua telinha. Mas é claro que já vazaram informações de que um dos personagens do elenco fixo vai aparecer com um companheiro do mesmo sexo ainda neste semestre do programa.“Days of Our Lives” estreou em 1965 e já tratou de temas polêmicos antes como aborto, transtorno de personalidade múltipla e assassinato em série.


cultura gls

sábado, 26 de março de 2011

Nos EUA, Estado do Colorado aprova união civil gay


Depois de reconhecer a união civil apenas para fins previdenciários em abril de 2009, agora o Colorado, nos Estados Unidos, aprovou na última quinta-feira, 24, a união civil em si para pessoas do mesmo sexo. A proposta foi votada na Câmara do Colorado e aprovada por 23 votos a favor e 13 contra.O projeto de lei foi apresentado pelo senador de Denver Pat Steadman, que é gay assumido, e agora que foi aprovado segue para a sanção do governador do Estado, John Hickenlooper, para virar lei. A mudança ainda não equipara os direitos civis entre LGBT e heterossexuais, mas já permite, por exemplo, visitação em hospital, divisão de benefícios e financiamentos como casal.
pride

Rio realiza oficina sobre Paradas do Orgulho LGBT


O Rio de Janeiro recebe entre esta terça-feira, 22, e a próxima quarta-feira, 23, a 1ª Oficina das Paradas do Orgulho LGBT do estado do Rio de Janeiro. O evento é uma realização da Superintendência de Direitos Individuais Coletivos e Difusos (SuperDir/Seasdh) do governo do Rio com o Fórum de Grupos LGBT fluminense.A oficina deve reunir militantes de todo o Estado no auditório Adauto Belarmino da SuperDir para trocar experiências e construir um plano de execução que auxilie na organização de eventos fluminenses de visibilidade da diversidade sexual. O encontro vai servir também para afinar um discurso estadual sobre o enfrentamento da homofobia.
central

Nordeste recebe capacitação em advocacy e HIV


Recife está recebendo desde o último sábado, 19, um curso de advocacy e prevenção ao HIV que está capacitando ativistas de cinco Estados da Região Nordeste - outros Estados nordestinos já foram capacitados anteriormente. As atividades serão encerradas nesta quinta-feira, 24.É o quarto de sete cursos que serão ministrados em todo o Brasil pela Associação Paranaense da Parada da Diversidade (APPAD). Nesta segunda fase no Nordeste, a iniciativa reuniu militantes do Piauí, Pernambuco, Maranhão, Rio Grande do Norte e Paraíba.Desde fevereiro, a APPAD já realizou o curso em duas fases no Nordeste, um na região Sul e outro na região Centro-Oeste. Ainda serão realizados em março e abril dois cursos no Sudeste e um no Norte.
central

Direito da USP lança campanha contra a homofobia


O Centro Acadêmico XI de Agosto, da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FDUSP), vai lançar na instituição na próxima segunda-feira, 28, às 11h, a campanha “XI de Agosto Contra Homofobia - Por uma Democracia de todas as cores!”, com a presença da senadora Marta Suplicy (PT-SP). A iniciativa vai se estender por todo o primeiro semestre com o objetivo de atuar tanto dentro da USP quanto fora dela.Em âmbito interno, o Centro pretende abrir espaços de debate sobre os temas mais urgentes à diversidade sexual atualmente - como a aprovação da lei anti-homofobia, o PLC 122/06, e o reconhecimento da união civil entre pessoas do mesmo sexo. Fora da Faculdade, o XI já participa e vai continuar presente em debates e manifestações pelo fim da homofobia.
central

Lésbicas inglesas ganham clínica de fertilização exclusiva


Um casal de lésbicas, Natalie Drew, 35 anos, e Ashling Phillips, 32 anos, inauguraram em Birminghan, na Inglaterra, a primeira clínica de fetrlização voltada para exclusivamente para lésbicas. Mesmo sendo anunciada como “exclusiva”, as sócias sabem que não podem recusar atendimento a casais heterossexuais. Apesar de ter como público algo a comunidade gay, as donas da clínica foram avisadas que não poderão recusar atendimento aos casais heterossexuais
cio.

Boninho acha que Daniel é o melhor gay que já passou pelo BBB



Boninho, diretor do Big Brother Brasil, disse que Daniel é muita mais interessante que os outros gays que passaram pelo programa. Para Boninho, Daniel se mostrou muito mais interessante do que Serginho (de BBB 10, com suas caras e bocas), Dicesar (também do BBB 10, que se mostrava cansado) ou do que o politicamente correto Jean Willys (vencedor do BBB 5).“Nunca um BBB teve um gay tão engraçado quanto o pernambucano Daniel.O Daniel é o antigay. Ele foi macho quando tinha de ser. E quando fica doidão, trepa no coqueiro", elogia.
mix

Casal gay apaixonado estreia em peça em Porto Alegre


O diretor Paulo Guerra estreia em Porto Alegre, na Sala Carlos Carvalho da Casa de Cultura Mário Quintana, no próximo dia 1º, o espetáculo “Dois de Paus”, do premiado dramaturgo Arthur Tadeu Curado. A trama conta de forma não-linear a história de amor do casal formado pelo publicitário Júlio e o fisioterapeuta Alex.Em clima de comédia romântica contemporânea, a peça mostra a atribulada vida dos dois e foge de qualquer estereótipo construído. Os dois moram juntos, têm bom relacionamento com a família, com os amigos, são divertidos, bem-sucedidos, inteligentes e estão apaixonados um pelo outro.Entram em discussão temas como a união entre pessoas do mesmo sexo, a adoção de crianças por casais homossexuais e a demonstração pública de afeto. Mas como toda boa história precisa de um conflito, a vida do casal vai mudar depois de um contato casual via internet, da decisão de morarem juntos e pelos conflitos do dia-a-dia.“Dois de Paus” – 1º a 24 de abrilSexta a domingo, às 20h Teatro Carlos Carvalho, Casa de Cultura Mário Quintana: Rua dos Andradas, 736Tel.: (51) 3221-7147R$ 20 (inteira) 14 anos.
cultura gls

terça-feira, 22 de março de 2011

Deputado Jean Wyllys é ameaçado de morte


O deputado federal Jean Wyllys foi três vezes ameaçado de morte pelo Twitter no último dia 18. Gay assumido e mais ativa voz dos direitos homossexuais na nova legislatura do Congresso, o deputado vem enfrentando duras batalhas dentro e fora da Câmara dos Deputados desde que assumiu seu posto. As ameaças dirigidas a Jean Wyllys continham conteúdo religioso.
pride

Deputado quer que ministro explique kit gay na Câmara


Em sua primeira reunião deliberativa ordinária da nova legislatura, a Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados negou na última quarta-feira, 16, o pedido do deputado homofóbico Jair Bolsonaro (PP-RJ) para que o ministro da Educação, Fernando Haddad, explicasse melhor o material que sua pasta vai distribuir nas escolas do Brasil contra a homofobia. A Comissão aprovou todos os outros 12 requerimentos apresentados na reunião.O deputado Luiz Couto (PT-PB) alegou que não era preciso fazer uma convocação ao ministro, que, segundo ele, sempre se dispõe a participar de debates na Câmara, é só convidar. Não satisfeito, Bolsonaro pediu então que a Comissão peça o material, alcunhado pelo deputado como “kit gay”, para análise dos parlamentares. Ele acredita que o material do Ministério da Educação “estimula o homossexualismo”. A próxima reunião da Comissão será realizada na próxima quarta-feira, 23. ,
pride

Jornal Hoje promove enquete sobre lei anti-homofobia


O Jornal Hoje está promovendo em seu site uma enquete para saber se “Você concorda que discriminação contra homossexuais seja punida com até cinco anos de prisão?”. A pesquisa entrou no ar após o jornal do meio do dia exibir uma matéria sobre o PLC 122/06, que criminaliza a homofobia no Brasil – e prevê tal pena.O site não divulga o número de votos, mas até a tarde desta terça-feira, 22, o “Sim” está com 56%, contra 44 para o “Não”. Para votar é só clicar aqui. A enquete está embaixo à direita.
mix

Shakira não consegue manter ânimo do povo em seu show paulistano



Shakira é ultra-mega-simpática. Chegou ao Brasil falando muito bem português e em seu show paulistano esbanjou carisma. Abriu sua apresentação na noite de sábado, 19, no estádio do Morumbi, dizendo que naquela noite ela era paulistana e que só queria que aquele povo todo (cerca de 53 mil pessoas) se divertisse. E ela se esforçou bastante para isso. Dançou (até demais), cantou direitinho mesmo quando a equalização do som não batia, tomou chuva (como todos ali, aliás) e deixou seu aplique virar cabelo de boneca. Trocar de roupa ela quase não trocou. E foi até melhor assim: essa moça merece um personal stylist competente.Mas nada deu jeito: o povo se animou em vários momentos, em especial nos hits, mas Shakira não conseguia manter a platéia acesa entre uma música e outra. Os motivos são vários: a chuva, claro, que ia e voltava a toda hora. Mas também o roteiro do show, com longas pausas entre as músicas, poucos bailarinos para muito palco e longuíssimas apresentações de requebrados de quadris da cantora. Todo mundo sabe que o ventre da colombiana é um assombro e ela não precisa provar em TODAS as músicas seu talento como dançarina.O show não foi ruim não. Foi médio. A quilômetros de distância das duas colegas da Shakira que pisaram ali no Morumbi recentemente, Beyoncé e Madonna, essas sim sabem fazer show para 60 mil pessoas.
mix

Trans arrasa em show de calouros fazendo voz dupla



Uma transexual abafou o programa de televisão “Thailand's Got Talent” – versão tailandesa de programas do tipo “Ídolos” – neste mês ao arrasar na performance vocal, mas com um detalhe: com voz de mulher e homem. Bell Nuntita, 27, é cantora ainda amadora, mas depois da interpretação dupla que fez virou estrela na Tailândia, onde a transexualidade é algo bem mais normal do que no Brasil. Ela começa a sua apresentação com voz feminina interpretando a típica “Yark Roo Tae Mai Yark Tarm”, de Calories Blah Blah, e depois emenda “Unloveable”, de Mild, mas com voz de homem. Jurados, apresentadores e plateia ficam totalmente beges com a desenvoltura dupla da moça e todo mundo aprova o cantar dela.Bell revela na entrevista que vai ao ar depois da apresentação que apanhou muito de seu pai quando era nova. “Ele continuava me batendo esperando que eu não fosse transexual. Eu só quero dizer pro meu pai que eu o amo e que eu finalmente consegui.


mix

Mesmo sem beijo gay, novela Ti Ti Ti termina como pioneira por tratar amor com naturalidade


Faltou um beijo gay no fim da novela Ti Ti Ti? Sim, mas seria uma pena que apenas essa questão fosse lembrada ao analisar a novela, em especial na forma como foi tratada a história do cabeleireiro Julinho (André Arteche), que termina a novela como marco na história da teledramaturgia.Desde o começo da trama, a autora Maria Adelaide Amaral tratou com inédita naturalidade o relacionamento gay. No começo da novela, entre Julinho e Osmar (com uma cena de “eu te amo” muito bem feita). Depois com a história entre Julinho e Thales, personagem que estava no armário até então. O tema foi tratado tão bem que nem Thales e Julinho saem da novela com alto índice de aprovação pela comunidade gay (segundo enquete do MixBrasil, eles são os dois personagens gays preferidos da TV), como pelo público geral, que não congestionou a central de comunicação da Globo com cartas contra o relacionamento do casal. O diretor Jorge Fernando e a autora conseguiram tal feito ao tratar o relacionamento dos dois como outro qualquer da novela: com problemas, idas e vinda, brigas e... carinho. Não teve beijo, é uma pena sim. Mas teve um carinhoso beijo no rosto no capítulo final, mãos dadas dos dois caminhando na praia e garantia de que aquele era um casal feliz. Um grande começo.
mix

Rio de Janeiro recebe mostra alternativa com temática gay


O Cine Odeon Petrobras, no centro do Rio de Janeiro, recebe na próxima sexta-feira, 25, a partir das 21h, a 10º edição da Mostra do Filme Livre, em parceria com o Cineclube LGBT. Serão exibidos quatro longas-metragens com diferentes estéticas – e logo depois rola a já tradicional festa com o VJ Great Guy (que recebe pedidos de músicas pelo Twitter @cineclubelgbt).A Mostra vai exibir o experimental “Rasgue Minha Roupa” (São Paulo, digital, p&b, 2002,10 min.), de Lufe Steffen, onde personagens bizarros marcam a trama de um rapaz na cidade grande. Tem também “El Chivo a Baco” (Espírito Santo, digital, cor, 2009,20 min.), de Gui Castor, que conta a história de vida da transexual equatoriana Gabriela Vivas (confira o trailer abaixo).Já “Era Vermelho o Seu Batom” (Paraíba, digital, cor, 1983, 20 min.), de Henrique Magalhães, fala sobre preconceito ao mostrar, em um Carnaval, dois rapazes que se conhecem e se envolvem, mas um deles se veste de mulher e surge um desentendimento. E tem ainda “Um Dia na Vida de uma Estrela” (São Paulo, digital, cor, 2007,15 min.), de Ricky Mastro, com nome autoexplicativo sobre a narrativa em torno da trans Divina Núbia. 10ª Mostra do Filme Livre – 25 de março, 21hCine Odeon Petrobras: Praça Floriano, 7 – CinelândiaTel.: (21) 2240-1093R$ 14 ou R$ 7 (meia).
cultura gls

sábado, 19 de março de 2011

Marcha Nacional Contra a Homofobia rola em Brasília em maio


A militância brasileira, encabeçada pela Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) e suas 237 filiadas, vai realizar no dia 18 de maio a II Marcha Nacional Contra a Homofobia, que tem concentração marcada para as 9h, na Esplanada dos Ministérios, em frente à Catedral Metropolitana de Brasília. Uma carta, que você lê na íntegra ali embaixo, foi elaborada para explicar melhor o objetivo do evento. O evento rola um dia após o Dia De Combate à Homofobia, celebrado em 17 de maio, dia em que será realizado o VIII Seminário LGBT no Congresso Nacional, no Auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados. Confira a cara da ABGLT sobre a Marcha, assinada por seu presidente, Toni Reis: Igualdade de direitos. Fim da discriminação. Fim da violência. Cidadania plena. Reconhecimento. Respeito. Essas são as nossas reivindicações. Somos milhões de brasileiras e brasileiros, ainda excluídos da democracia e ignorados pelas leis do país.Somos lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT), de todos os cantos do país, de todas as profissões, de todos credos, de todas raças, de todos sotaques, de todas opiniões, de todas etnias, de todos gostos e culturas. Mas temos algo em comum. Não usufruímos nossos direitos pelo simples fato de termos uma orientação sexual ou identidade de gênero diferente da maioria. Somos milhões de cidadãos/ãs de “segunda classe” em nosso Brasil.Faz 22 anos que o Brasil se democratizou e promulgou a “Constituição Cidadã”. Entretanto, em todo esse período, nossa jovem democracia não foi capaz de incorporar a população LGBT. Até hoje não existe sequer uma lei que assegure nossos direitos civis. Não existem leis que nos protejam da violência homofóbica.A homofobia não é um problema que afeta apenas a população LGBT. Ela diz respeito também ao tipo de sociedade que queremos construir. O Brasil só será um país democrático de fato se incorporar todas as pessoas à cidadania plena, sem nenhum tipo de discriminação. O reconhecimento e o respeito à diversidade e à pluralidade constituem um fundamento da democracia. Enquanto nosso país continuar negando direitos e discriminando lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais não teremos construído uma democracia digna desse nome.Por essa razão é que a Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais - ABGLT, convoca e coordenará todos os/as ativistas de suas 237 ONGs afiliadas e pessoas e organizações aliadas à II Marcha Nacional contra a Homofobia, a ser realizada na cidade de Brasília , em 18 de maio de 2011, com concentração às 9h, na Esplanada dos Ministérios, em frente à Catedral Metropolitana.O dia 17 de maio é comemorado como o dia internacional contra a homofobia (ódio, agressão, violência, discriminação e até morte de LGBT). A data marca uma vitória histórica do Movimento LGBT internacional. Foi quando a Organização Mundial de Saúde retirou a homossexualidade do Código Internacional de Doenças.Vamos a Brasília, novamente, para denunciar a homofobia, o racismo, o machismo e a desigualdade social. Temos assistido nos últimos meses ao recrudescimento da violência homofóbica, a exemplo do que ocorreu recentemente em São Paulo, no Rio de Janeiro, no Ceará, no Paraná e em Minas Gerais. Chama a atenção o fato de que muitos dos agressores não pertencem a grupos de extrema-direita violentos, mas são jovens de classe média, o que demonstra como a homofobia está amplamente difundida em toda sociedade.O Brasil está mudando. Elegemos um operário e agora uma mulher presidenta da República, que coloca como meta central de seu governo a erradicação da extrema pobreza. A sociedade brasileira não é contra o reconhecimento dos direitos LGBT. A grande oposição à cidadania LGBT vem dos fundamentalistas religiosos. Algumas denominações evangélicas e parte da igreja católica dedicam esforços imensos a atacar permanentemente a comunidade LGBT e bloquear qualquer ação que garanta direitos a essa população.O Brasil é um país plural e diverso, que respeita todas os credos e religiões, contudo nosso Estado é laico – separamos a religião da esfera pública, isso está garantido constitucionalmente. O movimento LGBT defende a mais ampla liberdade religiosa. Respeitamos todos os credos e opiniões, mas, entendemos que crenças religiosas pertencem à esfera privada - individual ou comunitária. Religião é uma escolha, a cidadania não!Não aceitamos que dogmas religiosos sejam usados como justificativas para o preconceito e negação de direitos aos LGBT. É preciso assegurar a laicidade do Estado e garantir o respeito à diversidade.A II Marcha Nacional Contra a Homofobia é, portanto, um grito, um protesto, um manifesto de respeito aos direitos individuais e coletivos.Queremos igualdade de direitos e políticas públicas de combate à homofobia. Reivindicamos que o Estado brasileiro, de conjunto (ou seja, os três poderes), e em todas as esferas da federação (União, Estado e municípios) incorporem a diretriz de combater a homofobia e promover a cidadania plena para a população LGBT.Defendemos que:

- o Estado laico seja assegurado, sem interferência dos fundamentalismos religiosos;
- o Governo Federal acelere a implementação do Plano Nacional de Promoção dos Direitos Humanos e Cidadania de LGBT, garantindo recursos orçamentários e o necessário controle social e accountability na sua execução, promovendo a diminuição da homofobia;
- todos governos estaduais e municipais instituam : coordenadorias LGBT, Conselhos LGBT e Planos de Combate à Homofobia;
- o Congresso Nacional aprove a criminalização da homofobia (PLC 122), a união estável e o casamento civil; a alteração do prenome das pessoas transexuais, o reconhecimento do nome social das travestis;
- o Judiciário, em todos os níveis, faça valer a igualdade plena entre todas as pessoas, independente de sua orientação sexual e/ou identidade de gênero;
- o Superior Tribunal de Justiça reconheça como entidades familiares as uniões entre pessoas do mesmo sexo;
- o Supremo Tribunal Federal julgue favoravelmente às Ações que pleiteiam a união estável entre pessoas do mesmo sexo e o direito das pessoas transexuais alterarem seu prenome.
Na ocasião da II Marcha, convidamos a todas e todas para participar do VIII Seminário LGBT no Congresso Nacional, a ser realizado no dia 17 de maio – Dia Internacional Contra a Homofobia – no auditório Nereu Ramos.
Março de 2011
ABGLT – Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais
Gostaríamos de solicitar o apoio de todas e todos, pessoas, personalidades, organizações... aliadas, no sentido de assinar o Manifesto da II Marcha Nacional Contra a Homofobia.Toni Reis.


pride

Presidente da Câmara nega que seja homofóbico


Presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS) desmentiu na última quarta-feira, 16, que seja contra a união entre pessoas do mesmo sexo no Brasil. O mal-entendido começou depois da entrevista dele na última segunda-feira, 14, ao programa “Roda Viva”, da TV Cultura.Segundo o deputado, ele não quis dizer o que a imprensa publicou - que era contra a união gay – e usa o vídeo do próprio “Roda Viva” para confirmar isso. Ele publicou em seu Twitter: “Não sou contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Veja o que disse no Roda Viva”.O post é seguido do link do vídeo que você vê logo abaixo, editado pela assessoria do deputado para não ficar muito longo, mas sem prejuízos ao sentido da resposta – onde ele se posiciona a favor também da legalização do aborto.


pride

Próximo Cine Purpurina rola no domingo em SP


O Cine Purpurina vai realizar no próximo domingo, 20, em São Paulo, mais uma edição e vai exibir o longa “Minha Vida em Cor-de-rosa” (1997), dirigido por Alain Berliner e que conta a história de um menino (Ludovic) e a descoberta de sua sexualidade. A sessão é gratuita e podem participar jovens entre 13 e 24 anos. O filme será exibido no Centro de Referência da Diversidade, que fica na Rua Major Sertório, 292 - República.


central

Brasília realiza mais um PinkNique em abril


Brasília vai receber no dia 10 de abril, um domingo, a partir das 14h, a terceira edição do PinkNique LGBTS, que rola gratuito no Parque da Cidade. A tarde organizada pelo grupo Elos LGBT-DF vai ter bate papo sobre o recém-lançado Disque 100, do Governo Federal, e música com voz e violão de Andréia Augusta. É para levar comidinhas, bebidinhas, jogos e o quê mais for legal em uma tarde no parque. Mais informações pelo e-mail elos@eloslgbt.org.br.
central

Maria vai para cima de Diana e tasca beijo de língua na sister


A sister autodefinida bissexual Diana está mesmo pegando geral dentro da casa do BBB11. Depois de um clima com Natália e um beijão na boca da já eliminada Michelly, agora Diana tascou um bom beijo de língua em Maria. Na verdade foi Maria quem foi pra cima da moça.Na área externa da casa na última quarta-feira, 23, a ex de Maurício até teve o cuidado de dar uma limpadinha na bochecha de Diana depois do encontro. Wesley e Diogo assistiram tudo de pertinho, babando.
mix

Cláudia Jimenez diz que virou hétero ao emagrecer


A eterna Dona Cacilda da “Escolinha do professor Raimundo”, Cláudia Jimenez, explicou sua “mudança” de orientação sexual e declarou em entrevista à Folha de S. Paulo que ficava com mulheres porque era gorda, dizendo ainda que agora que está mais magra é heterossexual e se sente capaz de seduzir um homem. “Achava que não tinha cacife para seduzir um homem. Como tinha de ser amada, me joguei nas mulheres”, disse a atriz sobre quando era bem mais rechonchuda – e quando ficou famoso seu casamento de 10 anos com a personal trainer Stella Torreão. Depois de emagrecer e “virar” hétero, Cláudia anda pegando garotões bonitos e sarados, como o ator Rodrigo Phavanello, com quem namorou na época da novela “Sete Pecados” (2007).
cio

terça-feira, 15 de março de 2011

RECURSO DE BELINATI SERÁ JULGADO LOGO


A Ministra Ellen Gracie ao receber em audiência a Deputada Federal Cida Borgueti, PP Paraná, informou a à parlamentar que, logo vai colocar na pauta de julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF), o recurso sobre o registro da candidatura de Prefeito de Londrina em 2008.

Esse registro fora impugnado, o que impediu a posse de Belinati como Prefeito, motivando um treceiro turno, onde o vitorioso foi Barbosa Neto.

domingo, 13 de março de 2011

Marta Suplicy defende lei anti-homofobia na Comissão de Direitos Humanos do Senado


"As pessoas já reconhecem que o combate à homofobia é uma questão de respeito ao ser humano, à cidadania. Tenho certeza que poderemos juntos fazer um trabalho que vá sensibilizar senadores e senadoras", afirmou a senadora Marta Suplicy (PT-SP), ao defender o projeto que torna crime a discriminação de homossexuais (PLC 122/2006), relatado por ela na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa. Marta se manifestou nesta quarta-feira (2) em reunião da CDH, após ser confirmada relatora da matéria pelo senador Paulo Paim (PT-RS), recém-eleito presidente da comissão.- Não podemos mais admitir situações de homicídio - no limite do que temos presenciado - de humilhação, de xingamento e de espancamento de homossexuais - disse, ressaltando ainda que a aprovação do projeto terá repercussão nacional e internacional.O texto havia sido arquivado com o fim da última legislatura, mas foi desarquivado por iniciativa da senadora, que reuniu as assinaturas necessárias para que a matéria voltasse a tramitar no Senado. O projeto em exame na CDH é um substitutivo aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Além da CDH, a proposição tem que ser examinada ainda pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) antes de ir ao Plenário. Caso seja aprovada pelo Senado, a proposta volta à Câmara, por ter sido modificada. O projeto, que define penas de prisão para variadas situações consideradas discriminatórias, tramita no Congresso há dez anos e não há consenso sobre ele. Seus defensores afirmam que sua aprovação ajudará a reduzir a violência e a discriminação contra homossexuais. Aqueles que se opõem ao texto argumentam que ele restringirá as liberdades de expressão e de culto.
pride

Para não se queimar com gays, Lady Gaga abre mão de contrato milionário


Lady Gaga tomou mais uma decisão que prova seu compromisso firme com a comunidade gay. Ela abriu mão de um contrato polpudo por uma rede de lojas, a Target, que venderia com exclusividade seu novo álbum, por causa de um detalhe homofóbico: a tal empresa já financiou campanhas de políticos anti-gays.A Target se defende dizendo que ter financiado campanhas de políticos que já votaram contra o casamento gay não significa que a posição da empresa seja também contrária ao casamento gay, já que eles investem em diversas campanhas, de diversos políticos, em todos os estados em que atuam. Lady Gaga nem deu bola e manteve a quebra de contrato. Agora a Target diz que vai cobrar multa da cantora.
pride

Panfletos homofóbicos ameaçam freqüentadores da Barraca da Cris, na Praia de São Vicente


A Barraca da Cris é o mais tradicional point gay do litoral sul paulistano. Ela fica bem no final da Praia de Itararé, no município de São Vicente. Nos dias que antecederam o carnaval, panfletos não assinados foram distribuídos na praia citando o quiosque e seus freqüentadores como palco de "cenas desapropriadas de casais que trocam carícias acalentadas, descabidas, pornográficas e libidinosas".A mensagem que os demais freqüentadores da praia ajudem a "coibir os abusos" para que todos possam voltar à praia de Itararé com seus filhos e não se surpreendam com cenas desnecessárias."O quiosque da Cris já existe há 20 anos no mesmo local.
mix

STJ decide se casais gays podem declarar Imposto de Renda juntos


O Superior Tribunal de Justiça (STJ) vai julgar se susta ou não a permissão do ministro da Fazenda, Guido Mantega, sobre a inclusão de companheiros homossexuais na Declaração do Imposto de Renda. A proibição de declaração conjunta é pedida por ação popular de autoria dos deputados Ronaldo Fonseca (PR-DF) e João Campos (PSDB-GO).A decisão foi transferida para o STJ pelo juiz federal Bruno Christiano Cardoso, da 20 ª Vara Federal do Distrito Federal, porque a regra constitucional determina que é competência do STJ julgar atos de ministros de Estado “quando impugnados via mandado de segurança, Artigo 105, Inciso 1º, Alínea b”. O Superior já recebeu o processo, mas ainda não o colocou na pauta de votação. Se for favorável à ação, o STJ concede uma liminar que susta a decisão de Guido Mantega e casais homossexuais não poderão mais declarar seu imposto juntos.
pride

Em Ti Ti Ti, Jaqueline aconselha Thales a sair do armário e se jogar como a Laurinha Albuquerque Figueroa


Foi ao ar nesta quinta-feira, 10, na novela Ti Ti Ti, uma cena que deveria servir de incentivo para todo gay que permanece no armário. Jaqueline (Claudia Raia) aconselha seu marido de fachada Thales (Armando Babaioff), a sair do armário e se jogar no braços de Julinho (André Arteche), como fez Laurinha Albuquerque Figueroa na novela Rainha da Sucata (que se jogou de um prédio na Paulista no capítulo final da trama).
mix

Retrospectiva reúne 300 obras de Leonilson em São Paulo


O Itaú Cultural, em São Paulo, vai receber a partir da próxima quinta-feira, 17, a retrospectiva “Sob o Peso dos Meus Amores”, que reúne pelo menos 300 obras do artista plástico cearense Leonilson, morto em 1993 em decorrência da AIDS. E no próximo dia 19 rola ainda a remontagem da instalação “Sobre Duas Figuras”, na Capoela do Morumbi.A retrospectiva no Itaú Cultural fica em cartaz até o dia 29 de maio e reúne peças produzidas entre a segunda metade da década de 70 e o início dos anos 90, todas com forte carga autobiográfica. São desenhos, cadernos e as coleções de mapas e brinquedos do artista cearense, oferecendo uma visão ampla e rica de Leonilson. A curadoria é de Ricardo Resende (diretor do Centro Cultural São Paulo e também coordenador do Projeto Leonilson) e de Bitu Cassundé. Destaque para as últimas obras feitas por ele, quando já sabia ser portador do vírus HIV e traduziu isso para sua arte, se tornando emblemático para sua geração. Uma delas será reinaugurada no próximo dia 19 e fica aberta à visitação. É a última instalação do cearense, “Sobre Duas Figuras”, feita na Capela do Morumbi no ano em que ele morreu. Para conhecer mais de Leonilson você pode visitar o site do projeto que mantém sua produção viva: www.projetoleonilson.com.br.“Sob o Peso dos Meus Amores” – de 17/03 a 29/5Itaú Cultural: Avenida Paulista, 149 – Bela VistaTel.: (11) 2168-1776Visitação: de terça à sexta-feira das 9h às 20h; sábados, domingos e feriados das 11h às 20hGrátis .
cultura gls

Algo errado? Seriado sobre ex-gay da Globo muda de nome


Marcado para estrear dia 1º. de abril na Rede Globo, o seriado sobre um ex-gay e sua melhor amiga ex-gorda mudou de nome. O título anunciado era “Algo Errado”, mas agora a Globo está divulgando o seriado com o nome de “Macho Man”. No elenco nada mudou: Jorge Fernando fará o papel principal, um gay cabeleireiro que deixa de se identificar como homossexual depois de um acidente; e Marisa Orth, sua amiga ex-gorda com problemas de auto estima. "Macho man" é escrita pelo casal Fernanda Young e Alexandre Machados, os mesmos de "Os normais" e “Os Aspones”.
cultura gls

quinta-feira, 10 de março de 2011

Em carta ao Brasil, Papa Bento 16 volta a pedir que católicos se posicionem contra casamento gay


Por ocasião da abertura da Campanha da Fraternidade que a CNBB promove todos os anos entre a quarta-feira de cinzas e a Semana Santa e que neste ano defende o meio-ambiente, o Papa Bento 16 pediu para que os católicos brasileiros se posicionem contra o aborto e o casamento gay. Em carta divulgada nesta quarta-feira, 10, pela CNBB, o papa relaciona a defesa do casamento exclusivo entre um homem e uma mulher com a defesa do meio-ambiente. Veja trecho da carta.“Sem a clara defesa da vida humana, desde sua concepção até a morte natural; sem uma defesa da família baseada no matrimônio entre um homem e uma mulher; sem uma verdadeira defesa daqueles que são excluídos e marginalizados pela sociedade, sem esquecer, neste contexto, daqueles que perdem tudo, vítimas de desastres naturais, nunca se poderá falar de uma autêntica defesa do meio-ambiente”, registra o texto assinado pelo Papa.
lifestyle

Itália não aceitará união gay nem adoção, afirma Berlusconi


O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, reafirmou na última semana sua posição anti-gay e declarou em um congresso de Cristãos Reformistas em Roma que durante seu governo os casais de mesmo sexo não poderão se casar e muito menos adotar crianças. O mandato de Berlusconi se estende até 2013 e não vai muito bem, principalmente entre o eleitorado católico, após sucessivos escândalos.“Enquanto nós governarmos, não haverá nunca equiparações entre os casais gays e a família tradicional, assim como não haverá nunca possíveis adoções de crianças por parte dos casais homossexuais”, declarou o premiê da Itália, em um pronunciamento que foi retransmitido pela televisão italiana.No mesmo evento, Berlusconi argumentou que não vai deixar o cargo, como pedem processos judiciais contra ele, porque antecipar as eleições traria prejuízo aos cofres públicos italianos. Ah sim, ele está sendo acusado de gastar, somente com sua vida pessoal, cerca de 80 milhões de dólares só no ano passado.
pride

ACM Neto simpatizante de carteirinha



O deputado ACM Neto (Dem-BA), que já faz parte da Frente Parlamentar LGBT, declarou em entrevista a Playboy que se sente confortável em fazer sucesso junto aos gays.Leia trecho da entrevista:-Você é assesiado por gays?Sou muito querido por eles-Mas por que? É o seu jeitinho?Tenho muitos amigos no movimento. Eu trabalho contra o preconceito. É um pouco da Bahia mesmo, sabe? A gente convie com tudo. Agora, por que o assédio? Porque sou jovem.- Ora, há muitos jovens por aíSou jovem com visibilidade nacional. Sempre encarei isso com muita simpatia. E não gosto de disputar eleição nenhuma para perder, nem que seja a de político mais sexy do [site gay] Mix Brasil [risos].ACM neto se refere a votação promovida pelo MixBrasil em 2008 para eleger o político mais sexy da CPI do Congresso Nacional, onde ele venceu com folga em votação recorde. A declaração também foi elencada pela revista Veja no destaque de frases da semana.
mix

Grupo de pais gays vai discutir união estável no dia 20


O grupo de pais e mães LGBT Pequena Sementeira, de São Paulo, vai se reunir no próximo dia 20 para discutir a “União estável para casais homossexuais”, a partir das 15h, na sede da Associação GLS Casarão Brasil, que fica na Rua Frei Caneca, 1057 – Cerqueira César. A entrada é gratuita, mais informações pelo e-mail pequenasementeira@gmail.com.
central

Câmara do Distrito Federal terá Frente LGBT


Está marcada para ser lançada no dia 13 de maio em sessão solene no Distrito Federal a Frente Parlamentar Suprapartidária pela Cidadania e Direitos Humanos de LGBT. O objetivo é acompanhar no Poder Legislativo as demandas relacionadas à comunidade LGBT, além de políticas públicas para formulação e implementação do Plano Distrital de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT.As assinaturas necessárias para a iniciativa foram reunidas pela deputada Rejane Pitanga (PT/DF). O lançamento será realizado em sessão solene no plenário da Câmara do Distrito Federal em comemoração ao Dia de Combate à Homofobia – 17 de maio.
central

Insensato Coração: Personagem gay ganha mais espaço a partir de hoje


Eduardo (Rodrigo Andradde) foi só acompanhar sua mãe, Sueli (Louise Cardoso), ao jantar de reconciliação dela com Vitória (Nathália Timberg), mas vai sair da mansão Drumond com muito mais: um emprego no grupo da família mais rica de “Insensato Coração” e, consequentemente, mais espaço dentro do folhetim do horário das nove a partir do capítulo desta quarta-feira, 9.Ele espera sua mãe enquanto janta na cozinha, mas Vitória e Marina (Paola Oliveira) ficam sabendo da presença dele e querem conhecê-lo melhor. Como parte do plano para desfazer o mal-entendido com o irmão de Sueli, Jonas (Tuca Andrada), acusado de roubar a família Drumond no passado, Vitória oferece uma entrevista para o rapaz no grupo dela. "Você vai ser chamado para uma entrevista no meu grupo. Há chance de conseguirmos algum emprego na sua área, em algum dos nossos escritórios." Simpatia à primeira vista por um personagem que tem se mostrado bem longe de estereótipos imaginados e muito mais perto dos perfis de gays reais. Companheiro da mãe, é ele quem a encoraja a superar a saudade do irmão dela e foi ele o responsável por ponderar em favor de Vitória para que sua mãe fosse ao tal jantar.Como a gente já adiantou aqui, Sueli ainda não sabe que seu filho é homossexual, mas vai descobrir assim que ganhar de Vitória um quiosque na praia, que vai se tornar o point gay do momento, com direito à Parada e tudo mais.
cultura gls

Ti Ti Ti: Jaqueline arma jantar para reaproximar Thales e Julinho


“Ti Ti Ti” está entrando em suas últimas semanas de exibição e ainda guarda fortes emoções para o casal Julinho (André Arteche) e Thales (Armando Babaioff). No capítulo desta quarta-feira, 9, os dois vão se reencontrar em um jantar na casa de Bruna (Giulia Gam) armado por Jaqueline (Claudia Raia) justamente para reaproximar o cabeleireiro e o surfista.A armação começou no capítulo da última terça-feira, 8, quando Jaqueline conversava com Bruna e Gustavo (Leopoldo Pacheco) sobre a tristeza de seu marido por não ter mais Julinho. Bruna não entende nada porque não sabe que o casamento de Jaqueline é de fachada, mas é convencida pelo marido a aceitar o jantar. Mas antes de sair de cena, faz questão de ressaltar que sua casa “é cristã” e que os dois rapazes só ficarão juntos quando Thales se divorciar.No jantar do capítulo de hoje, Bruna vai receber Jaqueline ainda meio desconfortável com a situação. Julinho chega à sala e dá de cara com Thales, que também não esperava encontrar com ele. Despachada, Jaqueline tenta desfazer o climão, mas todo mundo percebe e Gustavo dá um jeito de deixar os rapazes a sós.Thales explica: "Cara, eu juro que não sabia. Foi a Jaqueline que me arrastou, eu não sabia que você morava aqui...". Julinho acredita e revela que ali é a casa de seu ex, Osmar (Gustavo leão), e como foi morar com os ex-sogros. Ele aproveita e cutuca Thales dizendo que o preconceito contra gays muitas vezes vem dos próprios gays. O surfista fica sem jeito e quer ir embora, mas Julinho faz o simpático e se oferece para mostrar a casa.Os dois conversam mais e o cabeleireiro conta sobre sua história, ao que Thales dispara: "É nessas horas que eu vejo por que me apaixonei por você...". A declaração continua até Cida (Daianny Cristian) aparecer e o surfista travar de vez. Julinho então se irrita com o enrustido Thales: "Escuta, você é uma pessoa muito especial. Mas eu queimei muitas pontes, sofri muito para chegar até aqui... Não leve a mal, Thales, eu te quero muito bem. Só que, para mim, não dá...".Dá um beijo no rosto e vai embora.
cultura gls

segunda-feira, 7 de março de 2011

A cada dois minutos cinco mulheres sofrem violência no Brasil, diz pesquisa


Uma pesquisa realizada pela Fundação Perseu Abramo, em parceria com o Sesc, revelou dados aterrorizantes a respeito da violência contra a mulher: a cada dois minutos cinco mulheres são agredidas no Brasil. Apesar do dado estarrecedor, a pesquisa atenta paro fato de que já foi pior. Há dez anos, eram oito mulheres a cada dois minutos. O levantamento foi realizado em 25 estados e ganhou o título de “Mulheres brasileiras e gênero nos espaços públicos e privados”. Foram entrevistadas 2.365 mulheres em agosto do ano passado e 1.181 homens com mais de 15 anos. Diversos temas são abordados, mas, para o supervisor da pesquisa, Gustavo Venturi, a questão da violência doméstica ainda choca. Segundo Gustavo, “os dados mostram que a violência contra a mulher não é um problema privado do casal. É social e exige políticas públicas”. A pesquisa concluiu que 7,2 milhões de mulheres com mais de 15 anos já sofreram agressões. Desse número, 1,3 foram agredidas nos 12 meses que antecederam a pesquisa. A diminuição da violência contra a mulher no período entre 2001 e 2010 pode ser atribuída a Lei Maria da Penha, de acordo com Gustavo Venturi. “A lei é uma expressão da crescente consciência do problema de agressões contra as mulheres”, disse. A pesquisa constatou que 85% dos entrevistados conhecei a Lei Maria da Penha e que 80% aprovam a legislação em defesa da mulher. Porém, consideram que somente a lei não é suficiente.
dykerama

Começos


CONTO ERÓTICO
Tudo começa com um olhar... Sem saber direito o porquê, ela te chama à atenção. "Hum... interessante, beem interessante...." O olhar torna-se mais minucioso, buscando perceber mais detalhes. Até que você também é percebida... "Está me olhando... O que faço agora?"Ela então sorri. "Ah, consegui fazê-la sorrir... Ótimo!" Você sorri de volta... Não um sorriso completo, mas um meio sorriso, daqueles meio tímidos. Ela olha mais insistentemente."O que faço? Será que me aproximo? Como? Nossa, ela é tão é linda!" Mas você não tem pressa... Quer manter este clima de conquista no ar... Por um momento, conversa com uma amiga, para não transparecer a ansiedade de conhecê-la. Mas então você sente um toque leve no seu braço...- Olá...Ela está lá, bem perto, sorrindo maravilhosamente. Você sente um frio na barriga... Que voz é essa?!! Tudo!- Oi!Da sua boca não sai mais do que isso. Você não consegue pensar em absolutamente nada de interessante para falar. E ela continua te olhando nos olhos, com um sorriso irresistível. Ela segura então sua mão, você sente um arrepio percorrer seu corpo... Vários pensamentos invadem sua mente ao mesmo tempo. Mas você não consegue abrir a boca. O máximo que consegue é um sorriso malicioso... Está absolutamente hipnotizada. Ela dá uma risada deliciosa e passa as mãos pelos cabelos, jogando a cabeça um pouco para o lado, o que só te deixa mais muda.Depois de alguns segundos, que pareceram horas, você consegue falar alguma coisa:- Quer dançar?Passa então as mãos de leve pelo braço dela e segura sua mão.- Claro...Antes que você consiga se mexer, ela toca levemente seus lábios com as mãos e te dá um beijo, bem de leve... E só depois segue para a pista com você. E então, ao som de Eurythmics, vocês dançam de perto, mas sem se encostarem por completo. Vez ou outra ela toca sua mão, seus braços... Você entra no jogo, deixa e, algumas vezes , "sem querer", sua boca resvalar na dela. Sentem a respiração uma da outra acelerando, aos poucos, mas não têm pressa. Você coloca a mão em volta da cintura dela, e a puxa delicadamente. Ela, mais alta que você, encosta a boca nos seus cabelos. Você pode sentir o coração dela batendo acelerado, e o seu passa a bater no mesmo compasso. Você levanta a cabeça, e beija seu queixo. Ela encosta a boca na sua. Seus lábios roçam suavemente nos lábios dela, e ficam assim por alguns segundos. Nem escutam mais a música que toca, nada mais importa, só você e ela, seu corpo e o dela.Ela te morde de leve, e então você sente sua boca inteira e sua língua. Um beijo molhado, lento delicado, sensual... Enquanto se beijam, ela encosta o corpo dela ao seu. Quente e ao mesmo tempo entregue e dominante. Você se percebe totalmente molhada.Olham-se e buscam, ao mesmo tempo, um lugar mais tranquilo, fora da pista de dança. Encontram um sofá em um canto vazio, discreto. Ela se senta encostada na parede, e te traz pra perto com vontade, assim que você se aproxima. Puxa levemente seus cabelos pela nuca enquanto te beija, o que te enlouquece. Passa a língua pelo seu pescoço, e brinca com ela na sua orelha. Você sente um arrepio percorrer seu corpo... “Ai, sinto cócegas assim..."Ela te olha da forma mais sexy que alguém já te olhou e, sem hesitar, leva sua mão para debaixo da saia. Você olha pro lado, meio assustada, mas quando a sente quente e molhada, o mundo imediatamente desaparece... A puxa pela nuca e, enquanto a beija, brinca com seu clitóris por cima da calcinha, que ela afasta para o lado com as mãos, te deixando sentir o seu sexo cheio de tesão. Ela pressiona sua mão com o corpo, como se pedisse mais força... Você obedece e vai sentindo o clitóris dela cada vez mais maior em sua mão.Enquanto você a toca, ela passa a língua pelos seus lábios, como se mostrasse o que gostaria de fazer... A luz, a música, o corpo dela, sua boca, seu cheiro, seu sexo, tudo isso te deixa tonta, louca. Aos poucos a respiração dela fica mais ofegante, ela morde sua boca, seu queixo, seu pescoço e, então, goza. Linda, silenciosa, na sua mão.Você a olha e tira delicadamente a mão debaixo de sua saia. Afasta alguns fios de cabelo que estão colados no suor de seu rosto e a beija. Ela ainda está mole, e deita a cabeça no seu ombro... Ficam assim por algum tempo, como costumam ficar até hoje, depois que fazem amor.
DYKERAMA

Maracujá em formato de pênis vira atração no Maranhão


Um maracujá inusitado virou a grande atração em São José do Ribamar, município da grande São Luís. Pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa estão acompanhando o desenvolvimento do fruto, que adotou o formato de um pênis.O pé de maracujá foi plantado há dois anos pela dona de casa Maria Rodrigues de Aguiar Faria. Ela disse aos estudiosos da Embrapa que o maracujá pintudo surgiu em janeiro deste ano e chamou a atenção dos vizinhos, atraindo muita gente a sua casa."É a primeira vez que temos notícias de um fruto com essas características aqui no Maranhão", disse o pesquisador Marcelo Cavallari. Apesar da cor esverdeada e do formato atípico, os especialistas acreditam que o fruto é sadio. "O tempo de maturação costuma ser de um mês a um mês e meio, mas está demorando mais para amadurecer", afirma Cavallari. Mesmo acreditando que o maracujá tem aspecto saudável, o estudioso não escondeu a admiração com relação à descoberta. "É bem grande, é bem grosso mesmo. Chega a ter entre 15 e 20 centímetros de comprimento", surpreendeu-se.
central

Carnaval em Floripa? Confira mapa da pegação da Praia da Galheta


Vai passar o Carnaval em Florianópolis? Então certamente a Praia da Galheta estará em seu roteiro. Dedicada a quem curte o naturismo, a praia é destino certo para gays em busca de diversão. Se você ainda não conhece bem o lugar, confira as dicas do mapa criado pelo leitor Paulo Silva. De points de caça a locais bons para banho, tem de tudo.Veja abaixo. Se preferir, clique AQUI, baixe, imprima e leve o mapa no bolso.
lifestyle

Kid Vinil vai estar em festa da Junior no domingo em SP


Já em sua quinta edição, o projeto Guitar Hero, que leva rock’n’roll ao descolex Clube Glória, em São Paulo, vai contar com duas participações mais do que coerentes com sua proposta em sua edição carnavalesca, no próximo domingo, 6, a partir das 22h. É que a bíblia viva do rock brasileiro Kid Vinil vai marcar presença nas pick-ups mostrando para a moçada as melhores faixas de seu case histórico.Outra presença que faz todo o sentido é de uma dupla de guitarras do jogo que dá nome à festa. Quem quiser, e tiver condições para, vai poder meter as duas mãos nas guitarras e jogar com os acordes. E é claro que vai ter também pencas da sua revista preferida, a Junior, espalhadas pelo clube para o povo ler, ver, dançar, jogar e se jogar. Além de Kid Vinil, a noite vai ter ainda som dos residentes Serjô, Ginger Hot e Lu Riot recebendo os convidados Madame Mim, Clemente, Carla Peixoto e Pedro de Deus. Ale Brito e Gerson Martino recebem o povo na porta. E é claro, de novo, que nossos leitores terão mais uma vez tratamento VIP, literalmente falando. Quem mandar nome para guitarherorockparty@gmail.com até 18h de domingo com “Festa Junior” no campo assunto entra na faixa. Guitar Hero - domingo, dia 6 - às 22hClube Glória: Rua 13 de maio, 830 - Bela VistaTel: (11) 3287-3700www.clubegloria.com.br.
lifestyle

RJ: Coordenadoria da Diversidade Sexual fará campanha durante Carnaval


Nesta quarta-feira, 02, a recém criada Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual do município do Rio de Janeiro - Ceds realizou uma coletiva para lançar a campanha "Rio: Carnaval Sem Preconceito". A iniciativa pretende aproveitar o período da folia de Momo, em que a cidade fica cheia de visitantes, para alertar sobre a importância do combate à discriminação. A campanha irá se basear em ações como a distribuição de panfletos sobre DSTs, capacitação da Guarda Municipal com relação ao atendimento a pessoas LGBT e conscientização sobre a proibição do preconceito por orientação sexual em repartições públicas. Além disso, está prevista a divulgação de um vídeo em que celebridades como Edson Celulari, Toni Garrido e Guilherme Piva falam contra a intolerância.
central

Carnaval tem Almodóvar de meia-calça em São Paulo


O Cine Belas Artes, em São Paulo, preparou uma programação especial para o Carnaval de quem estiver na capital paulista e não vai se jogar na folia – e os filmes têm o sexo como ponto em comum. É o “Carnaval de Clássicos”, que começa sempre às 19h e inclui na programação Pedro Almodóvar vestido de mulher, a provocação de Pasolini e a sensibilidade de Wong Kar-wai.Quem abre a mostra nesta sexta-feira, 4, é Almodóvar, que aparece de meia arrastão e super brincos em seu escrachado (e super gay, claro) longa-metragem “Labirinto de Paixões”, de 1982. Já no sábado é a vez de Píer Paolo Pasolini apresentar o segundo episódio de sua “trilogia da vida” – o cheio de histórias “Contos de Canterbury”.No domingo o destaque é “Felizes Juntos”, de Wong Kar-wai, onde dois gays trocam Hong Kong por Buenos Aires. Chegando lá, a relação começa a se deteriorar como em uma letra de um bom tango, mas com trilha sonora com direito a Caetano Veloso. Na segunda rola “O Jantar”, de Ettore Scola; terça tem “Férias do Sr. Hulot”, de Jacques Tati; e quarta tem Rainer Werner Fassbinder em “Lili Marlene”. Cine Belas Artes: Rua da Consolação, 2.423 – ConsolaçãoTel.: (11) 3258-4092 .
cultura gls

quarta-feira, 2 de março de 2011

Blue Space comemora 15 anos repaginada, ganha mascote e animação fofa.


O clube Blue Space comemora 15 anos neste mês com seu tradicionalíssimo "Futebol das Drags" no dia 20 de março, às 15h. Mas até lá, o clube vai fazer várias alterações, como na logomarca (que já mudou) e na relação com seus frequentadores.A nova do clube é a criação de uma mascote que vai ser batizado pelos clientes, através do twitter da Blue (@bluespacesp e @bluespacebsb). E uma divertida animação incentiva o povo a entrar na brincadeira. Quem vencer o concurso (isso é, dar o nome para a mascote) ganha prêmios do clube. A animação que você assiste logo abaixo foi criada pelo Will Vasques e ganhou o nome de “Como Fazer uma Drag Queen”. FUTEBOL DAS DRAGS DA BLUE SPACE20 de março – 15hRua Brigadeiro Galvão, 723 – Barra FundaInscrições pelo (11) 3666-1616Grátis.
mix