VEJA E OUÇA A DEFESA FERVOROSA DO SEGUIMENTO GLS GLBT GLBTT NA VOZ TROVEJANTE DO AMIGO BOCA ABERTA

Loading...
Mande suas críticas e sugestões
amigobocaaberta@gmail.com

sábado, 6 de agosto de 2011

Morre último gay que viveu em campos de concentração nazistas



Conhecido por ser o último sobrevivente dos chamados "triângulos rosas", os homossexuais internados por Adolf Hitler em campos de concentração durante a Segunda Guerra Mundial, Rudolf Brazda morreu de causas naturais dormindo aos 98 anos na última quarta-feira, 3, em Bantzenheim, no leste da França.O corpo de Rudolf será incinerado na próxima segunda-feira, 8, em Mulhouse, ao sul de Bantzenheim. Nomeado cavaleiro da Legião de Honra em abril, Brazda viveu com seu companheiro (falecido em 2003) em Kingersheim, perto de Mullhouse, e foi internado em julho em um hospital de Bantzenheim.Ele nasceu em 26 de junho de 1913 na Saxônia, no leste da Alemanha, e foi detido duas vezes nas prisões nazistas antes de ser deportado para o campo de Buchenwald, no centro da Alemanha. Ele era acusado do “crime” de manter relações homossexuais e sua pena incluía trabalhos forçados, humilhações e agressões.


pride

Nenhum comentário: