VEJA E OUÇA A DEFESA FERVOROSA DO SEGUIMENTO GLS GLBT GLBTT NA VOZ TROVEJANTE DO AMIGO BOCA ABERTA

Loading...
Mande suas críticas e sugestões
amigobocaaberta@gmail.com

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Cartaz da 10a. parada Gay da Bahia apela para violência homofóbica



O material de divulgação da 10a. Parada Gay da Bahia, marcada para o dia 11 de setembro em Salvador, traz um modelo com o rosto machucado. O Grupo pretende alertar sobre a violência homofóbica física a que os homossexuais brasileiros estão sujeitos, em especial os baianos, já que é no Estado que se registra o maior número de assassinatos de homossexuais em 2010.O slogan da 10° edição da Parada Gay da Bahia é "Ser gay não é estanho. Estranho mesmo é a homofobia". No anúncio virtual da Parada é possível limpar as feridas do modelo até transformar a frase "Homofobia é mesmo muito estranho" em "Ser gay não tem nada de estranho". A madrinha do evento neste ano é a (bela) delegada de Polícia Civil Patrícia Nuno. "Felicidade enorme poder me associar a luta contra a intolerância, como fruto do meu trabalho como mulher e delegada", disse ao aceitar o convite. Essa não é a primeira vez que uma Delgada da Polícia Civil é eleita Madrinha. Em 2009 a Dra Isabel Alice recebeu a faixa no trio oficial do GGB no Campo Grande.:: Clube San Sebastian comemora dois anos com mega festa na véspera da Parada Gay de Salvador


pride

Nenhum comentário: