VEJA E OUÇA A DEFESA FERVOROSA DO SEGUIMENTO GLS GLBT GLBTT NA VOZ TROVEJANTE DO AMIGO BOCA ABERTA

Loading...
Mande suas críticas e sugestões
amigobocaaberta@gmail.com

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Região da Avenida Paulista registra mais dois ataques homofóbicos




A região da Avenida Paulista, uma das áreas de maior frequência gay de São Paulo, registrou mais dois casos de agressão homofóbica no último fim de semana, sendo que um deles foi contra um rapaz heterossexual. Além dele, uma dupla de amigos gays foi agredida perto da estação Ana Rosa do Metrô por volta das 4 da manhã do último sábado, 29 de outubro.
As vítimas foram um gerente de marketing de 31 anos e um estilista de 38 - que voltavam de um bar na Consolação. Eles estavam conversando na esquina das Ruas Conselheiro Rodrigues Alves e Domingos de Moraes quando um homem abordou o mais novo da dupla e sem dizer nada já foi agredindo a vítima."A gente estava brincando e dando risadas. Ele nos identificou como gays e me deu um soco no supercílio. Sangrou tanto, que eu não conseguia nem enxergar mais", contou o gerente ao jornal O Estado de S. Paulo. Ele foi socorrido e levou nove pontos no supercílio.A outra agressão ocorreu antes, por volta das 3h30, quando um rapaz de 28 anos, heterossexual, foi confundido com gay quando voltava para casa também com um amigo. Ele foi atacado na esquina das Avenidas Brigadeiro Luís Antônio e Paulista por um homem que disse algo que não foi entendido por ele. O agressor deu uma rasteira nele e desferiu vários pontapés. Ele fraturou o braço esquerdo, quebrou um dente e levou quatro pontos no queixo.Nenhum dos agressores ainda foi identificado ou detido.


mix

Nenhum comentário: