VEJA E OUÇA A DEFESA FERVOROSA DO SEGUIMENTO GLS GLBT GLBTT NA VOZ TROVEJANTE DO AMIGO BOCA ABERTA

Loading...
Mande suas críticas e sugestões
amigobocaaberta@gmail.com

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Vereador do interior de São Paulo diz que teve vontade de bater em meninos gays que viu beijando. Ouça áudio



O vereador da cidade de Osvado Cruz, no interior de São Paulo, Edmar Mazucato fez um discurso bastante homofóbico na Câmara dos Vereadores da cidade para falar sobre uma cena que presenciou no dia 15 de agosto na rua, quando viu dois garotos se beijando. Ele disse que não sabia se ele saia do carro e batia nas crianças ou se ia atrás dos pais deles. Você pode ouvir o discurso todo AQUI ou ler abaixo o que ele disse na íntegra.“Eu tive uma decepção tão grande que não sabia se descia da camionete e batia no cara, se eu procurava os pais dessas pessoas. Eu estava saindo da minha casa com sentido Centro e eu descia ali naquela propriedade Serafim onde hoje tem a escola e quando eu desci, eu deparei com dois jovens de mais ou menos de catorze anos, dois jovens masculinos, do sexo masculino, se beijando as duas horas da tarde. Eu eu não sabia o que fazia, eu fiquei tão revoltado. Eu não sei se é doença, sem vergonhice, o cara não que sabe se é macho ou se é fêmea. Rapaz, gente, sinceramente, eu espero que vocês não passem por uma situação dessas... A coisa esta muito, muito aberta. Está se dando muitos (sic) direito. E o meu pensamento, eu sou totalmente contrário, eu não posso assumir uma coisa que eu não penso. Eu respeito mas acho assim, se a pessoa quer se depravar fazer alguma coisa, mas não precisa ser ao vivo e a cores Não adiante a pessoa vir falar que é bonito. Por que um menino de 15, 14 anos, eu acho que ele nem sabe o que está fazendo, ele viu na televisão que falaram lá que homem com homem beijar é bonito, o cara tá querendo fazer. Mas uma criança, acho que falta assim às vezes uma atenção, alguma coisa nesse sentindo. O mundo do jeito que tá indo, a gente não sabe o que vai acontecer. E se a gente ficar dizendo ai que bonito, é legal, é direitos humanos, é que isso é liberdade, é voz, é passeata gay, é mais não sei o que, para, pelo amor de deus. Eu respeito mas não concordo. Eu acho que isso é uma pouca vergonha Já dizia um alguns amigos meus (sic), é melhor ter uma filha biscate do que uma lésbica. É melhor ter um galinha do que veado".


mix

Nenhum comentário: