VEJA E OUÇA A DEFESA FERVOROSA DO SEGUIMENTO GLS GLBT GLBTT NA VOZ TROVEJANTE DO AMIGO BOCA ABERTA

Loading...
Mande suas críticas e sugestões
amigobocaaberta@gmail.com

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Cabo Frio reúne 60 mil pessoas na Parada Gay



A cidade de Cabo Frio parou para prestigiar a 7ª edição da Parada do Orgulho LGBT, que levou na tarde deste domingo, dia 4, cerca de 60 mil pessoas de diversas localidades da Região dos Lagos para o Parque de Eventos de Cabo Frio.Com o tema “Pelo Direito de Ser Diferente”, o evento contou com três trios elétricos – o do grupo Cabo Free, organizador do evento desde 2005; o do grupo Iguais; e o da Visibilidade Feminina. O evento começou por volta das 16h com discursos de militantes dos grupos ativistas de Cabo Frio e de outras cidades da região e contou com presença de autoridades locais.Além de cobrar a aprovação de leis que possam igualar os direitos entre casais homo e heterossexuais, o evento também celebrou a união estável entre casais do mesmo sexo, aprovada no dia 5 de maio deste ano pelo Supremo Tribunal Federal. Mas a grande novidade foi o anúncio, por parte da Prefeitura da cidade - representada pela Secretária de Promoção Social, Olivia Sá -, da criação de uma Coordenadoria de Políticas Públicas LGBT, nos mesmos moldes das já existentes nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.“A criação deste órgão é fruto de um trabalho sério que realizamos há anos em prol do público LGBT. A conquista não pode ficar limitada apenas a Parada. Ela precisa ser praticada todos os dias. Ainda não sabemos qual será a estrutura nem, de fato, como essa coordenadoria irá atuar, mas estamos muito felizes. É uma vitória diante do crescimento da onda de homofobia”, avaliou Cláudio Lemos, presidente do grupo Cabo Free, um dos mais atuantes e respeitados da região. Cláudio ainda destacou que um dos próximos objetivos do grupo é lutar pela criação de um Centro de Cultura LGBT na cidade. Após os discursos, diversas drag queens se apresentaram em cima dos trios. O bate cabelo rolou solto com Gabrielly Rodin, a rainha da Parada Gay da cidade; Caroline Alytier; Eddylene Água Suja, cover de Amy Winehouse – que causou recentemente na Parada de Juiz de Fora; Mary Mittil; Bila Bilu; a animadérrima caricata Samara Rios; e Dimmy Kieer.Logo após as apresentações, os trios soltaram o som para animar o público mais do que fervido. Por ser dentro de um espaço fechado, o trajeto dos trios ficou limitado a dar voltas dentro do Parque de Eventos, mas ainda assim, o povo não desanimou a festa rolou solta até tarde da noite.


pride

Nenhum comentário: