VEJA E OUÇA A DEFESA FERVOROSA DO SEGUIMENTO GLS GLBT GLBTT NA VOZ TROVEJANTE DO AMIGO BOCA ABERTA

Loading...
Mande suas críticas e sugestões
amigobocaaberta@gmail.com

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Veja como foi a entrega do Premio Rio Sem Preconceito



A Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio promoveu na noite desta terça-feira, dia 28, a entrega do 1º Prêmio Rio Sem Preconceito. O evento, realizado no Teatro Oi Casa Grande, no Leblon, homenageou doze personalidades, das mais diversas áreas, que se destacaram na luta contra o preconceito. Elas foram eleitas por um grupo de vinte jornalistas. A premiação abriu a programação da 1ª Semana Carioca da Diversidade, em pleno Dia Mundial do Orgulho Gay.O prefeito Eduardo Paes destacou que “o Rio é uma cidade aberta que precisa estar a frente dessa questão. Esse prêmio é muito importante, mas é fundamental que sejamos capazes de construir políticas que possam permitir que não exista nenhum tipo de desrespeito tanto com os iguais quanto os diferentes”. Ele ainda elogiou o trabalho que vem sendo realizado pelo coordenador especial da Diversidade Sexual, da Prefeitura do Rio, Carlos Tufvesson. “O evento representa o reconhecimento a todas as pessoas que lutam contra o preconceito. A luta contra o preconceito é de todos. Não podemos deixar de reconhecer exemplos e nos inspirar neles. E preconceito não combina com o Rio”, afirmou Tufvesson.O representante do Governador Sérgio Cabral, o secretário de estado da Casa Civil, Régis Fichtner, destacou a atuação do governador do Rio na defesa pela tolerância à diversidade sexual: “O governo do Estado tem sido precursor nas questões da diversidade sexual e da tolerância no Rio de Janeiro. O governador Sergio Cabral foi o primeiro a provocar o Supremo Tribunal Federal no reconhecimento da união estável entre homossexuais. Como deputado, foi o primeiro a reconhecer uma lei que reconhece os direitos dos homossexuais, a pensão dos servidores. Enfim, o governador estimula e tem estimulado muito a questão da opção sexual, da valorização e do respeito”, enumerou.Ainda na premiação, público assistiu a apresentações da cantora Bebel Gilberto e a números de stand up comedy com os atores Aloísio de Abreu e Luis Salem. Outro destaque foi a presença da modelo transexual Lea T. Entre os homenageados da noite, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Ayres Britto; o deputado federal Jean Wyllys; o jogador de vôlei do clube Futuro, Michael; o diretor do grupo AfroReggae, José Júnior; além da cantora Preta Gil, dos novelistas Gilberto Braga e Ricardo Linhares, do apresentador Luciano Huck, de Lucinha Araújo (da Associação Viva Cazuza), e da modelo Lea T.


mix

Nenhum comentário: